Por que é uma boa opção investir em imóveis?

Reflita: você conhece alguém com muito dinheiro que não tem ao menos parte do seu patrimônio investido em imóveis? Sejam imóveis residenciais, comerciais, terrenos ou loteamentos, imóveis são, historicamente, uma das formas mais tradicionais e seguras de investimento. E neste texto pretendo explicar por que vale a pena investir em imóveis.

Segurança

Em todas as atividades da nossa vida, há sempre um imóvel envolvido. E, mais cedo ou mais tarde, a demanda por aquele imóvel voltará a crescer, não adianta, é cíclico.

Por mais que você ache que uma cidade ou região não tem como se valorizar, a longo prazo você provavelmente estará errado. Salvo claro, que haja uma situação caótica e catastrófica, como o caso Chernobyl, ocorrido na Ucrânia.

Além disso, ninguém pode levar o seu imóvel num caminhão e, se o banco quebrar ,ele não levará o seu imóvel (diferente dos seus investimentos que estão nele).

Potencial de valorização

Há um déficit habitacional no Brasil de 5,5 milhões de residências (CBIC Dados, Fundação João Pinheiro; Déficit Habitacional no Brasil,  2015). Além disso, por mais umas boas décadas, o Brasil continuará crescendo, assim como a sua população.

E essas pessoas vão precisar de um local para viver, seja o filho saindo da casa dos pais, um casal indo morar junto, um casal se separando ou na velhice. São alguns dos motivos que, inclusive, fazem você mudar de imóvel para um que tenha mais vantagens para cada momento da sua vida.

Então mesmo aquela cidade que você não acredita que irá valorizar por ser uma cidade atrasada e de velhos, pode ser um destino desejado por estes no futuro, justamente por essa característica.

Proteção da inflação

Historicamente, o valor do imóvel acompanha a inflação, corrigindo o preço do mesmo – ou como alguns investidores imobiliários, chamam: carring. Veja, por exemplo, o valor do aluguel. Ele, por contrato, é corrigido pelo IGP-M. Ou seja, o imóvel oferece uma valorização real.

É importante ressaltar que é preciso cuidado quando você comparar o imóvel com outro tipo de investimento, pois você precisa descontar a inflação dos outros investimento para não comparar maçã com banana.

No caso da incorporação existe o INCC (Índice Nacional da Construção Civil), uma espécie de índice de inflação de preços do setor da construção civil. Com isso, investir na incorporação imobiliária ou alugar algum imóvel que você possua irá proteger de forma direta o poder de compra do seu dinheiro.

Renda

Quer ter uma renda passiva (ganhar uma renda mensal sem precisar trabalhar pra isso?) Investir em imóveis permite isso. É muito mais sensato – economicamente – alugar um apartamento do que arcar com os altos juros da compra de um imóvel próprio. Por isso, sempre há pessoas à procura de um bom imóvel para alugar, e os dados demonstram que esta demanda raramente diminui em tempos de crise.

Diversificação

A velha máxima: nunca ponha todos os ovos na mesma sexta. Por isso, é indicado investir uma parte do seu patrimônio em imóveis, sendo um investimento de baixo risco e volatilidade.

Basta olhar a maior crise da historia do Brasil e o preço dos imóveis mal foi afetado. Por isso até quem investe na bolsa diversifica em imóveis, seja fisicamente ou por meio de FII (Fundos de Investimentos Imobiliários).

E você, pensa em investir em imóveis? Já realizou algum investimento no setor imobiliário? Deixe seu comentário!

Fonte: Blog de Valor