Entre na nossa lista de email e receba Notificações exclusivas sobre o mercado imobiliário Toda semana!

Lendo Agora
Conheça as novas condições da Caixa para compra da casa própria

Conheça as novas condições da Caixa para compra da casa própria

Conheça as novas condições da Caixa para compra da casa própria

As novas condições da Caixa para compra da casa própria devem levar em conta a Selic, que está em 2% ao ano.

A Caixa Econômica Federal anunciou que está preparando o lançamento de uma linha de financiamento imobiliário com base na caderneta de poupança. A ideia é proporcionar juros mais baixos aos contratantes na compra de suas casas próprias. A novidade deve movimentar o mercado imobiliário. compra da casa própria

Seguindo os mesmos moldes da concorrência, o novo serviço da Caixa deve levar em conta a Selic, que está em 2% ao ano. Mesmo que os cidadãos tenham acesso ao produto de forma mais barata, é preciso ficar atento à taxa básica de juros, pois caso ela varie, os valores serão reajustados.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que não há uma data prevista para o lançamento, mas a expectativa é de que o produto esteja disponível para contratação até o fim deste ano. “Estamos discutindo um quarto produto agora, devemos lançar em breve. Esse produto veio com a competição. Isso é muito bom, isso gera eficiência”, revelou Guimarães.

Outras linhas da Caixa para compra da casa própria

A Caixa vem lançando uma série de outras linhas de financiamento. Em agosto de 2019, por exemplo, foi liberado um crédito relacionado a inflação oficial. Medido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o serviço tem juros entre 2,95% e 4,95% ao ano, mais o índice de preços. Até o momento, o IPCA corrigido chegou a R$ 15 bilhões em contratos. O valor gerou um retorno de R$ 1 bilhão para o banco.

Outro exemplo é o financiamento de taxa fixa sem correção, anunciado em fevereiro deste ano. A cobrança é indexada à Taxa Referencial (TR), atualmente zerada, e varia entre 8% e 9,75%, com juros entre 6,5% e 8,5% ao ano. compra da casa própria

No atual cenário de pandemia, a Caixa acredita que o momento é oportuno para um novo lançamento, mesmo com a inflação em alta. O objetivo é driblar a crise econômica.

Segundo Guimarães, a linha corrigida pela inflação já corresponde a um terço das operações de crédito imobiliário do banco. Ele disse que a carteira corrigida pelo IPCA chegou a R$ 15 bilhões e que, em janeiro, a Caixa venderá ao mercado uma fatia dos contratos, o equivalente a R$ 1 bilhão para incrementar a fonte de recursos para financiamentos, a chamada securitização.

Leia Também
Nova queda da Selic deve aquecer mercado imobiliário

Apesar do risco de alta na inflação, o presidente da Caixa destacou que o cliente tem mais possibilidades de escolha.

Mesmo com a crise na economia, decorrente da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), o crédito imobiliário vem crescendo. A Caixa, líder no mercado, anunciou em abril um pacote de medidas de estímulo ao setor. A expectativa do mercado é 2020 feche com R$ 100 bilhões em novas operações.Caixa para compra da casa própria

Será a quarta modalidade de empréstimo habitacional da Caixa, que oferece a linha tradicional, corrigida pela Taxa Referencial (TR), pela inflação e uma taxa fixa.

Nenhum Comentário (0)

Deixe seu Comentário

Seu email não será divulgado.

© 2021 Publicidade Imobiliária. Todos os direitos reservados.