6 erros na corretagem que você provavelmente está cometendo

O mundo da corretagem não está na sua fase mais tranquila e a concorrência está feroz. Por isso, simples detalhes de atendimento  e interação com o mercado imobiliário refletem na negociação e podem garantir aquela venda tão desejada ou receber aquela negativa tão insatisfatória.

Para te ajudar a converter mais vendas em cases de sucesso, separamos 6 erros que provavelmente atrapalham suas negociações e como solucionar cada um deles:

1 – Desconhecer como o cliente chegou até você:

Conhecer e entender o “caminho” percorrido pelo cliente até você é fundamental para formatar o atendimento adequado. Saber se ele pesquisou em algum buscador, rede social ou se uma indicação foi o suficiente para depositar confiança. Essas informações embasam suas escolhas para investimentos de comunicação e te ajudam a moldar o perfil do cliente.

2 – Estar indisponível ou demorar demais para responder:

Sabemos que essa falha é a que mais foge do seu controle, pois a correria do dia a dia, às vezes, impossibilita o atendimento cuidadoso para todos os clientes. Para amenizar e, quiçá, sanar esse problema é fundamental se organizar e fazer uma gestão adequada do seu tempo de trabalho. Buscar ferramentas que otimizem seu tempo e facilitem o gerenciamento de muitos contatos é fundamental.

3 – Falar demais:

Parece contraditório, mas respeitar o tempo e o espaço pessoal do cliente é fundamental para não atravessar a linha do bom senso e se tornar desagradável. Focar-se em passar as informações fundamentais e seguir o fluxo natural da conversa reduz os ruídos de comunicação. Lembre-se: quem muito fala, pouco escuta e sabemos que ouvir o cliente é fundamental para obter sucesso nas negociações.

4 – Não ter as informações importantes:

Não ter as informações básicas que o cliente, com certeza, deseja e necessita é o maior “tiro no pé” que o corretor pode dar. Dar respostas imprecisas e inconsistentes também vai te encaminhar para fracassar na negociação. Repassar informações detalhadas sobre o imóvel e a localização é um grande diferencial que pode te colocar na frente.

5 – Ficar desatualizado em relação ao mercado:

“Parar no tempo” vai te transformar em um profissional obsoleto e completamente desatualizado em relação à tendências mercadológicas, profissionais e fatores socioeconômicos que afetam as negociações. Compreender novas tecnologias, formas de negociações facilita o interesse e aproximação com novos clientes. Separamos 7 Aplicativos e softwares indispensáveis para o corretor de imóveis que, com certeza, vão facilitar seu dia e te atualizar no mercado.

6 – Não fazer parcerias imobiliárias:

Complemento da dica anterior: a parceria imobiliária é uma tendência de negociação internacional e já chegou com força total no Brasil. Sabemos que o seu receio pode ser a insegurança de não receber a comissão, mas esse problema tem uma solução absoluta: O Homer. Encontre uma rede de milhares de corretores e feche parcerias com total segurança. É 100% gratuito, não tem pegadinha nem mensalidade. Sabe o melhor? Fechando toda a parceria dentro do Homer, nós garantimos a comissão caso o seu parceiro não lhe pague. Cadastre-se gratuitamente clicando aqui!

Deixe seu comentário