Visita à distância: 5 dicas para usar imagens como ferramenta de vendas

Aprenda técnicas de fotos e vídeos para atrair mais clientes e fechar negócios – usar imagens

No ano de 2020, muitos serviços foram digitalizados para trazer segurança às pessoas. Mas e a visita aos imóveis, como foi impactada? usar imagens

Por sorte, hoje temos inúmeros recursos e acesso a smartphones com boas câmeras – que já ajudam bastante nesse momento. Porém, um grande desafio é fazer com que o comprador se sinta em casa, mesmo à distância, e que siga para o próximo passo, que pode ser uma visita presencial.

Por isso, o Homer – o Parceiro n1 do corretor de imóveis, traz algumas dicas para ajudar proprietários e corretores nessa tarefa.

1 – Começo por onde?

Hoje, as imagens acabam sendo a única forma de contato com as propriedades. Elas exercem o papel fundamental de representar ao máximo cada detalhe do imóvel, de ambientar o possível comprador para que ele tenha uma sensação de conforto ao visualizar o local, e de despertar nele a necessidade de compra. Daí a importância de, antes de tudo, entender o que os clientes buscam neste imóvel. Quais são os pontos fortes? O que quero que eles enxerguem como diferencial?

Respondidas essas questões, hora de seguir para o próximo passo.

2 – Planejamento

Traçar um plano de como fazer a captação das imagens vai te poupar muito tempo, e tornar sua comunicação mais assertiva. Por exemplo, se a sala, arejada, grande, é o ponto mais interessante do apartamento, por que não investir em vídeos ou fotos 360º para transmitir essa sensação de amplitude? E a vista da sacada então? É ótima! Cabe aí também uma experiência em vídeo para que o cliente se veja ali, admirando a paisagem.

Defina o que você quer passar sobre cada cantinho do imóvel, avalie como fazer isso, coloque no papel, e parta para a ação.

3 – Iluminação

Chegou o momento de produzir as imagens.

“Mas eu não tenho luzes profissionais”, você pode estar pensando. Mas todos nós temos acesso à melhor iluminação de todas: a luz natural do sol. Por isso, opte por fotografar/filmar o imóvel durante o dia, entre 10h e 16h. Abra janelas, portas, e deixe a luz entrar. Se precisar acender as lâmpadas, tudo bem. Sua atenção tem que estar voltada em não deixar que as imagens fiquem escuras, porque isso pode acabar passando uma sensação ruim, até opressora. Então, clarear o ambiente é palavra de ordem.

4 – Enquadramento

Assim como temos ângulos que nos favorecem mais em nossas selfies, os imóveis também têm. Experimente posicionar a câmera em vários lugares diferentes. Conseguir um recuo maior para mostrar a profundidade de um dos quartos, por exemplo, vai contribuir para que o cliente se sinta perto da realidade daquele cômodo de fato.

Voltemos à vista da sacada. Por que, ao invés de mostrar a linda paisagem apenas, não fazer um vídeo saindo da sala em um plano aberto até chegar na varanda? Use a criatividade. Faça testes, fotografe, e avalie qual o melhor ângulo. Descobriu? Explore-o.

5 – A experiência do comprador

E como já citei criatividade ali em cima, para proporcionar uma boa experiência ao consumidor, você vai precisar usar e abusar do seu lado artístico – se não tem, tá tudo bem, é só treinar um pouquinho. O importante é conduzir as pessoas em um passeio por dentro do apartamento, narrando como cada espaço interessante, como ter uma sala ampla pode ser bacana para quem tem família grande ou costuma receber muitos amigos, ou como um estúdio pequeno pode ser aconchegante e ficar lindo com uma decoração bem pensada. Faça o cliente viajar nas várias possibilidades e sensações que aquele local pode lhe trazer. Comprar uma casa ou apartamento envolve muito nossas emoções, então mexa com as emoções do seu cliente.

Produzir imagens e se aprimorar nessa arte usando-a a seu favor como ferramenta de comunicação e marketing é um exercício diário, assim como vender. As estratégias mudam, os planos mudam, e cabe ir experimentando novas possibilidades. Busque sempre ter um olhar diferente sobre o que vê, sobre o que vende e, assim, atraia também olhares diferenciados dos consumidores.

Precisa de ajuda para realizar as tarefas acima? Recomendo conhecer o Homer Captações – um serviço desenvolvido para corretores que querem vender mais,melhor e mais rápido.

Sobre o Homer

O Homer é uma plataforma gratuita e pioneira que conecta corretores imobiliários em todo o Brasil. Fundada em 2016, a startup permite que os corretores façam parcerias imobiliárias com mais segurança, praticidade e garantia de comissão. Além disso, ajuda a otimizar a rotina de trabalho desses profissionais e, com isso, amplia as possibilidades de realização de negócios. Disponível para iOS, Android e desktop, o Homer possui mais de 50 mil corretores cadastrados na plataforma.

 

Deixe seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui