Veja como ser corretor de imóveis em outro estado

Vai mudar de estado e não quer abandonar a profissão? Saiba como ser corretor de imóveis em outros estados e obter sucesso

Uma mudança de estado, independente de qual seja o motivo, é sempre uma oportunidade de recomeçar e tornar a nova trajetória em algo de sucesso. Independente de toda a experiência que acumulou no tempo de serviço ou se é uma profissão totalmente nova para você, é possível que surja a dúvida: como ser corretor de imóveis em outro estado? Por isso, selecionamos 5 dicas para um caminho de conquistas.

1 – Atualize a permissão de atuação

Antes de sequer pensar em atuar em outro estado, é preciso deixar todos os documentos da profissão dentro dos conceitos legais. Para atuar em outro Estado que não seja o seu Regional de Inscrição, é preciso tomar algumas atitudes:

  • Transferência: A pessoa física ou jurídica, mediante requerimento dirigido ao Presidente do CRECI em que possuir inscrição principal, poderá transferi-la para outro Conselho Regional, desde que se encontre quite com o pagamento de anuidades, multas e emolumentos devidos e não esteja respondendo a processo disciplinar. Sua inscrição no Regional de origem ficará suspensa, sem gerar anuidades.
  • Inscrição Secundária: A inscrição secundária será requerida perante o Conselho Regional onde a pessoa física ou jurídica possuir a inscrição principal com a indicação da Região e da localidade em que pretender se estabelecer. O Corretor ficará inscrito nos dois Regionais, sendo assim, pagando anuidade também nos dois estados.
  • Exercício eventual: O exercício eventual da intermediação imobiliária em região distinta da principal será permitido mediante comunicação prévia ao CRECI da Região do exercício eventual da profissão, após o pagamento de anuidade proporcional a 120 (cento e vinte) dias e a consequente anotação na Carteira Profissional do interessado. A continuidade do exercício eventual por período superior a esse tempo só será possível mediante inscrição secundária nos termos desta Resolução. Fonte: CRECI-CE
2 – Comunique aos antigos e atuais clientes

Construir um e-mail, enviar uma mensagem via WhatsApp ou por qualquer outro meio, pode ser uma ótima maneira de anunciar aos clientes antigos e atuais a mudança de estado. Já imaginou que todas essas pessoas podem conhecer potenciais clientes no novo endereço de atuação? Se somos um corretor exemplar durante a nossa carreira, certamente seremos referência no mercado.

Um e-mail marketing é uma ótima maneira de realizar comunicações em massa. A lista de transmissão também pode ser uma boa alternativa para informar a mudança de estado para uma grande quantidade de pessoas.

3 – Entre em grupos de Facebook do novo estado

O Facebook deixou de ser apenas uma rede para amigos publicarem coisas sobre o dia a dia e vem sendo uma ferramenta importante para o mundo dos negócios. Hoje existem diversos grupos que englobam determinado setor e que podem nos auxiliar a interagir com colegas de profissão que seja do estado referenciado.

Além de solicitar a participação em outros grupos, é possível criar uma página para o nosso negócio e segmentar as nossas estratégias de acordo com a nossa nova região de atuação. Saber como engajar os clientes nos grupo de Facebook é essencial para este tipo de iniciativa.

4 – Utilize as redes sociais para se divulgar

Além do Facebook, redes como Instagram e LinkedIn também tornaram-se pontos de divulgação de outros corretores de imóveis, por isso, não podemos nos acanhar e ficar para trás. É preciso acompanhar todas as atualizações que o setor realiza para não perder para a concorrência.

Vale lembrar que o número de pessoas que usam as redes em seu dia a dia só aumenta. Por isso, nada melhor do que se fazer presente em canais em que a população está acostumada a acessar.

5 – Faça parcerias com colegas de profissão da nova região

Neste momento, o network (rede de contatos) deve ser ativado. Construir parcerias com colegas de mercado que atuem na região de destino pode fazer toda a diferença para o crescimento do nosso negócio.

No mercado de imóveis, o contexto de parceria significa um ou mais corretores se unirem para concretizar uma venda. Isso pode acontecer de forma ocasional, quando essa união se cumpre em prol de apenas uma venda ou pode ser firmada de modo mais duradouro, quando os corretores se comprometem a trabalhar por tempo indeterminado. Os benefícios de firmar parcerias são inúmeros como, por exemplo:

  • Evolução da carteira de imóveis: o corretor pode contar também com os imóveis presentes na carteira do outro corretor, o que aumentam as oportunidades de fechar negócio, já que a necessidade de determinado cliente pode não ser sanada com as opções de imóveis da nossa carteira enquanto é possível encontrar outras alternativas no catálogo do parceiro.
  • Aumento da competitividade: se fazer presente em uma rede de parceiros aumenta as possibilidades de novas oportunidades.
  • Redução de custos: concretizar uma parceria faz com que não dependemos exclusivamente dos resultados de anúncios, propriamente focado em marketing.
    Troca de experiências: ao se manter em contato com outros profissionais do mercado, podemos trocar experiências e informações relevantes sobre o setor.
    Aumento da rede de contatos: a parceria com outro profissional faz com que tenhamos contato com os colegas do nosso colega. Sendo assim, colocamos o nosso network em ação e abrimos oportunidades para novas parcerias. Construindo assim, um ciclo crescente de negócios.

Essas são apenas algumas dicas para que você saiba por onde começar. Entender como ser corretor de imóveis em outro estado pode parecer uma tarefa complicada (e é!), mas com determinação e amor pelo que faz é possível obter tanto sucesso, ou mais, quanto na atuação no antigo estado. Por isso, é preciso empenhar-se e se apegar em conquistar os colegas do mercado para obter toda ajuda necessária.

Você já realizou alguma mudança de estado para trabalhar? Como foi essa experiência e o que fez com que você obtivesse bons resultados? Conte para nós nos comentários.

Fonte: VivaCorretor

Deixe seu comentário