O que não é Home Staging?

Na matéria anterior falei sobre o que é Home Staging e como essa técnica pode agregar valor ao seu trabalho de corretor de imóveis.

Hoje vamos nos aprofundar nessa técnica de vendas que é atualmente o modo mais eficaz na comercialização de imóveis.

Geralmente quando me perguntam o que faço, e falo que sou Home Stager, a reação é sempre a mesma:

-Ah, você faz o mesmo trabalho que os “Irmãos a Obra”, (série mais popular no Brasil sobre Home Improvement). Então explico de uma maneira rápida as diferenças do trabalho dos irmãos Scott e o Home Staging.

O mesmo acontece quando recebo ligações de pessoas interessadas em contratar meu serviço de staging, e isso acaba gerando um conflito e uma falta de entendimento, pois mesmo explicando como é feito e os benefícios do Home Staging, as pessoas voltam na mesma imagem das séries de TV, e acham que o trabalho do Home Stager é também destruir e reconstruir uma casa inteira, o que é um engano.

Com isso, acredito que para entender o que é Home Staging, temos que saber o que não faz parte deste serviço antes de tudo.

Não é reforma

Home Staging não reforma. A reforma faz parte da preparação do imóvel para vender, porém o staging é a parte da ambientação+produção do imóvel. É quando o imóvel é transformado em um lar para atrair possíveis compradores.

Não é decoração

Home Staging é visual merchandising imobiliário + design comercial (a finalidade desta prática é produzir imóveis para vender e torná-los o mais comercializável possível para atrair um grande número de possíveis compradores).

Não é um serviço caro

Pelo contrário, Home Stagers geralmente trabalham com o orçamento especificado por seus clientes. É aí que entra a criatividade e recursos usados por home Stagers para tornar um imóvel atraente e acima de tudo vendável.

Existem diversas opções de serviço, desde uma consultoria até o serviço de staging completo.

Não é tarefa para o corretor adicionar aos seus serviços ( a não ser que tenha vontade em trabalhar com HS também) corretores já tem a sua rotina de trabalho sobrecarregada, agregar um serviço que necessita de total comprometimento como no caso do Home Staging, seria desnecessário. A principal função de um corretor de imóveis está na divulgação e venda de seus imóveis. Com isso, a maneira mais eficiente para o corretor é ter um especialista em staging como parceiro. Outra opção é trabalhar com consultoria verbal de Home Staging e então indicar um profissional para executar o trabalho.

Não é só para imóveis diferenciados (imóveis alto padrão)

Home Staging não favorece somente imóveis de luxo. Está técnica favorece quase todos os padrões. O principal objetivo de um Home Stager é criar uma atmosfera memorável para potenciais compradores. O foco do Stager é acelerar a venda. Com isso, existem diferentes níveis de Staging, desde os produzidos com móveis de ponta até os produzidos somente com o mobiliário que o cliente possui, para servir a todos os tipos de imóveis.

Exemplo de decoração com Home Staging
Exemplo de decoração

Não é o mesmo que um apartamento decorado ( próxima matéria explicarei o que difere um apartamento decorado de home staging).

Imóveis que vão para o mercado com Home staging fazem uma inigualável diferença quando comparados com aqueles que são vendidos “as is” (como estão). A comercialização é acelerada entre 50% a 70% de acordo com a RESA ( Real Estate Staging Association).

Se você está trabalhando com imóveis que estão há mais de 12 meses à venda, proponha ao seu cliente o serviço de home staging ao invés de uma redução de valor. O retorno do investimento proporcionado pelo staging será em média 17%. Isto quer dizer se um imóvel está à venda por R$500.000 ao invés de promover um desconto o investimento em staging além de promover a venda a curtíssimo prazo mantém o valor inicial ou superior do projetado.

Susana Damy
Home Stager

Deixe seu comentário