Mercado imobiliário de luxo tem expansão durante a pandemia, saiba como aproveitar este momento

Juros baixos, dólar alto, pandemia e viagens internacionais canceladas por mais de um ano podem ter sido alguns dos motivos que fizeram o mercado de imóveis de alto padrão e luxo alavancar. O mercado imobiliário sem dúvidas foi um dos que mais cresceu durante essa crise, mas o que poucos sabem é o destaque que os imóveis milionários estão tendo.

Com certeza a mudança de hábito dos consumidores deste mercado influenciou o crescimento. Isso porque grande parte das pessoas com rendas mais altas foram submetidas ao home office e aulas on-line, fazendo com que a antiga moradia ficasse pequena para essa quantidade de tempo em casa com a família.

Além disso, a procura por imóveis ou apartamentos em condomínios fechados e com bastante opção de lazer aumentou mais de 15% no último ano. Um dos principais atrativos que fizeram as famílias optarem por este tipo de imóvel é a qualidade de vida que os condomínios clubes proporcionam, com mais áreas verdes, espaços de lazer e serviços exclusivos como academias, spa e espaços gourmets.

Todas as crises oferecem oportunidades, e esse com certeza é o momento ideal para o corretor de alto padrão se diferenciar dos demais e vender como nunca antes.

As expectativas é que o mercado de luxo tenha alta de mais de 20% no Brasil até 2023, com alta prevista e esperada de 48,2%. Se isso realmente acontecer, o Brasil será o país com o maior mercado imobiliário de luxo da América Latina.

Tendências do mercado imobiliário pós pandemia

A Brain Inteligência Estratégica realizou uma pesquisa recente a cerca do mercado imobiliário e as tendências pós pandemia. Segundo essa pesquisa, 87% dos entrevistados buscam por imóveis maiores que ofereçam ampla e diversificada área de lazer e um espaço para home office. Além disso, a presença do digital passa a ser obrigatório dentro dos imóveis e nos empreendimentos.

Vale lembrar que é muito importante saber diferenciar o que é uma tendência remota (que passa rápido) e quais são as tendências que vieram para ficar, mas com certeza a troca por imóveis maiores, em condomínios luxuosos e em regiões mais afastadas é uma que se estenderá por muitos anos.

Quem são os atuais clientes de alto padrão e luxo?

O cliente que busca por um imóvel de luxo, não é o mesmo que tem o sonho da casa própria.

Grande parte desses compradores já possuem um ou mais imóveis, seja de luxo ou não, mas estão sempre procurando novas e rentáveis oportunidades de investimento, mesmo que este imóvel seja comprado para ele morar e não para revenda ou aluguel, este cliente sabe que seu dinheiro está sendo bem aplicado.

Outra característica marcante do cliente de luxo e alto padrão são as exigências totalmente elevadas, com personalidade bem detalhista. Este comprador analisa muito bem um imóvel antes de comprar e busca por soluções diferenciadas como construções sustentáveis, tecnológicas, inovadoras e funcionais.

Para suprir a necessidade de consumidores deste nível, é importante avaliar os benefícios do negócio e as vantagens que ele terá comprando o imóvel. Mostre que você não está lá para realizar o sonho dele, mas sim para valorizar ao máximo seus investimentos.

Marcele Machado

Marcele MachadoHá 15 anos no Mercado Imobiliário, Marcele Machado é referência em Curitiba. Depois de passar por algumas imobiliárias, juntou experiência o suficiente para investir em sua própria imobiliária, a qual está em constante crescimento. Como uma boa observadora de tendências no mercado, Marcele publicou no início deste ano um e-book sobre o crescimento do mercado imobiliário em Curitiba e atualmente está escrevendo seu primeiro livro, trazendo mais destaque a cerca de seus conhecimentos. Percebeu que tem o dom de ensinar quando capacitou seus corretores e os tornou ainda melhores na venda, com ensinamentos que hoje deseja compartilhar com o Brasil. Com mais de 6 dígitos conquistados em comissão nesses últimos anos, ela está aqui para provar que educação imobiliária não é uma opção, é uma obrigação.

Instagram: @marcele_corretora

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta