Dicas de linguagem corporal para o corretor de imóveis

0

Você sabia que o seu corpo se comunica? Isso se chama linguagem corporal e trata sobre como você utiliza seus gestos, sua postura, suas expressões faciais, o movimento dos seus olhos e a proximidade entre você e o seu interlocutor.

A linguagem corporal é algo que ainda poucos se preocupam, mas que pode ser determinante ao conquistar um cliente. Imagine a seguinte situação: você chega em um restaurante e a hostess te recebe de cara fechada, com os braços cruzados e fala com você sem olhar para o seu rosto. Como você se sentiria?

Pois é, uma linguagem corporal adequada é algo que deve, sim, ser visto com cuidado. Essa acaba por ser, em muitas ocasiões, a primeira impressão que o consumidor tem com relação ao seu negócio.

Para ajudar você a utilizar bem a linguagem corporal e, assim, ter mais chances de efetuar uma venda e fidelizar seu cliente, oferecemos algumas orientações:

Como utilizar a linguagem corporal para vender imóveis:

1 – Apresentação: comece sempre com um sorriso

Um sorriso sempre traz maior receptividade às pessoas. É uma forma de passar segurança, interesse e simpatia ao seu interlocutor logo de cara. Sendo assim, receber as pessoas com um sorriso demonstra a sua boa vontade em atendê-las.

Além disso, sorrir ao receber e ao conversar é uma demonstração de respeito e educação. Mas claro, procure sorrir no momento certo, já que pode ser desagradável quando o cliente está reclamando de algo enquanto você sorri, por exemplo.

Também tome cuidado para não parecer forçado. O sorriso deve sempre ser natural e de boa vontade.

2 – Evite cruzar os braços durante a conversa

Esta é uma das principais orientações dada por especialistas em linguagem corporal. Ao conversar com os braços cruzados, você demonstra insegurança, desconforto e, até mesmo, falta de interesse.

Procure encontrar uma posição mais neutra para os seus braços, sem mexê-los com muita frequência, mas também sem deixá-los totalmente imóveis. Mas o mais importante é nunca cruzar os braços ao falar com alguém.

3 – Olhe nos olhos do seu cliente

Outra dica muito importante de linguagem corporal: em muitos casos, o olhar diz tudo. Uma conversa olho no olho proporciona confiança e transparência. Já quando se desvia o olhar, pode indicar confusão e falta de clareza naquilo que está sendo dito.

A recomendação é sempre olhar nos olhos de quem está conversando com você, para fazer com que ele entenda que você é a pessoa certa para resolver as questões dele e para que ele se sinta seguro e confortável com o seu atendimento.

4 – Não tenha pressa para falar

Falar com rapidez, como se estivesse com pressa, pode causar desconforto no cliente, pois dá a impressão de que você tem outras prioridades e que deseja encerrar logo a conversa. Além disso, o risco dele não entender o que você diz é alto.

Sendo assim, busque um tom de voz adequado, para que a mensagem que você deseja transmitir seja mais assertiva. Fale com calma, pausadamente, articulando bem as palavras e respirando tranquilamente entre as frases.

5 – Cuidado com a sua testa

Esta é outra preocupação importante, apesar de poucos darem atenção a isso: uma pessoa que está nervosa ou em dúvida, muito provavelmente irá enrugar a testa, o que com certeza não é indicado para quem quer vender um imóvel.

Portanto, tome cuidado com a sua linguagem corporal e preste atenção na forma que sua testa se mexe e respire fundo, procure ter calma antes de falar com o seu cliente. Demonstre que você domina o assunto e passe credibilidade e segurança a ele.

Estas são apenas algumas orientações sobre como utilizar a linguagem corporal a seu favor. Mas, claro, você pode se aprofundar mais sobre o tema por meio de treinamentos, cursos, livros e outros materiais.

O importante é aprender e saber como se comportar com o próprio corpo e passar mais confiança aos seus clientes.

Que tal começar desde já a capacitar os seus corretores de imóveis? Clique aqui e agende uma reunião com um representante da Play2sell!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta