Corretor de imóveis de verdade. – Vale a pena ler.

O que define um Corretor de Imóveis como: “Corretor de Verdade”? Será que você está neste grupo seleto? Leia este artigo e no final se auto avalie.

Antes de qualquer coisa, veremos o significado da palavra “verdade”.

Verdade – Origem do Latim – Significado: Aquilo que é sincero, que é verdadeiro, que é franco, a ausência da mentira, é o contrário do Falso.

É importante entender os princípios da palavra “verdade” para saber se colocar neste grupo de pessoas.

Para iniciar este Artigo, quero ser muito franco, a palavra Honestidade, não será abordada em hipótese alguma no discorrer do texto. Eu entendo que Honestidade é básico, vem de berço, aprendemos em casa.

Me deixem contar uma coisa rápida à vocês. Eu venho de uma família muito simples, já comemos muito, arroz, feijão e ovo e eu me orgulho disso, pois isso queria dizer que, independentemente de qualquer coisa, meu pai jamais deixaria faltar comida à mesa.

Com nove anos de idade, um sol de rachar, em plena periferia de São Paulo, na minha Rua favorita até hoje, a Rua Três, do Bairro Jardim Eliana. Aquele dia eu vi alguns amigos na rua se deliciando com aqueles sorvetes de palito de marca. Corri na minha mãe para pedir dinheiro, ou, que ela comprasse um sorvete daqueles para mim. Infelizmente minha mãe não pode, e por semanas não tínhamos dinheiro para nada de supérfluos.

Estranhamente, aqueles colegas da Rua Três, aquele dia, ficaram a manhã inteira tomando sorvete de palito, um e depois outro e outro. Eu estranhei e corri para perguntar de onde estava surgindo tantos sorvetes. Foi então que descobri a tática ilegal. Eles juntavam algumas moedas e iam até a padaria. Um deles, com blusa de moletom em pleno Calor de São Paulo, abria a porta do freezer, pegava um sorvete, este seria pago, ele pegava outros tantos para dentro da manga da blusa, pelo punho, pagavam apenas um sorvete, distribuíam todos os outros sorvetes entre o grupo.

Eu vendo aquilo, pensei… por que não? Fui até em casa, coloquei uma blusa, fui até a padaria, coloquei um sorvete para dentro da blusa sem que alguém me visse, fechei o freezer e saí, ufffa, consegui, #SQN. Antes mesmo de passar pela porta, o gerente daquela padaria, me pegou pelo capuz daquela blusa, me levou até a parte de dentro daquele estabelecimento e puxou minha manga. E pegou aquele filho único de sorvete de palito, lembro como se fosse hoje, aquele “chicabom” estupendamente gelado sendo devolvido ao freezer.

Aquele homem logo me interpelou – você não é o filho do Aroncio (meu pai)? Eu em estado de choque, ainda tive a desonra de dizer que não o conhecia, com medo da mão pesada do meu pai, em saber que eu havia usurpado um sorvete de palito do freezer da padaria.

Algumas pessoas no balcão conheciam meu pai e disseram quem eu era. Mais no final do dia, meu pai chegou em casa, como de rotina, tomou banho, trocou de roupa, tomou seu café e depois, me chamou para dar uma volta. Nós saímos caminhando em direção à padaria, chegamos lá, meu pai comprou um sorvete, me entregou, não falou nada e saímos.

Na volta para casa, ele me para na calçada e resumiu tudo em duas frases – Meu filho, toda vez que tiver vontade de comer, qualquer coisa, me peça. Jamais faça o que você fez hoje. Ele ainda falou o seguinte: Eu farei o que for, lavaria a louça na padaria para comprar um sorvete para você, mas jamais quero ver um filho meu, roubando. Com apenas nove anos, aquilo foi uma vergonha e constrangimento tão grande, que jamais voltei a fazer tal coisa. Isso representou muito no meu caráter e serve como alicerce para replicar aos meus filhos o mesmo pensamento. Em resumo daquele dia, eu comecei trabalhar, iniciei minha carreira em vendas, vendendo picolé, aos nove anos de idade.

Por isso amigos, sobre honestidade, não há o que se dizer aqui, ou você tem, ou você não tem!

Em outro momento contarei um pouco da minha história e como cheguei até a corretagem, também como eu trabalhei por mais de uma década no grupo LPS (Maior Imobiliária do país).

Mas voltemos agora nos Pontos que considero Muito fortes para um Corretor de Verdade.

DOS VALORES

Corretor de Verdade, é aquele que se mantém verdadeiro, com seus princípios, que não se corrompe e que não é capaz de corromper, que não cai na tentação de forjar um documento para efetuar uma venda ou fechar um negócio, que jamais fará uma venda “por fora” da Imobiliária para se dar bem, por exemplo.

Um corretor de Verdade é transparente, ético e justo, doa a quem doer.

Corretor de Verdade, é um Homem de verdade, uma mulher de verdade, acima de tudo, é um ser humano de verdade.

O bom de estar há tanto tempo nesta maravilhosa profissão, é ter visto muitos “Falsos Corretores” quebrando a cara. Mas o melhor mesmo de tanto tempo no ramo, é conhecer muitos Corretores de Verdade. Não estamos sozinhos, a maioria esmagadora dos corretores de Imóveis tem valores.

EXPERIÊNCIA

Um “Corretor de Verdade” precisa ter uma vasta experiência de mercado. Quando eu digo vasta, penso em pelo menos cinco anos de mercado. Isso não quer dizer que, aqueles que estão lendo este artigo, com menos tempo de profissão, já não sejam um “Corretor de Verdade”, mas certamente você é exceção à regra. Um corretor experiente, já passou por todos tipos de situações existente, foi testado, passado no fogo. Provavelmente surfou os mais variados setores dentro da imobiliária (Lançamentos, Prontos, Locações e Outros). Este corretor, sabe tocar uma venda do começo ao fim. Está preparado para as objeções dos clientes, para solucionar problemas rapidamente, para reverter um negócio que está por perder. A experiência faz do Corretor de Verdade, uma auto liderança.

PROSPECÇÃO

Um Corretor de Verdade não perde a oportunidade de estar em contato com seu potencial comprador ou com seu potencial vendedor. Ele enxerga em qualquer ser humano, um cliente. Este corretor, é necessariamente um “prospect-man”, sem medo de falar com as pessoas ele tem em sua carteira de clientes, seu maior arsenal. Ele não está limitado a buscar clientes na Oferta Ativa, ou por e-mail marketing, ou receber leads da Imobiliária. Ele já está atualizado sobre as novas ferramentas digitais, já faz seus investimentos, independentemente de sua imobiliária, já recebe leads dos mais variados portais imobiliários, das redes sociais, de páginas de capturas e etc.

CONHECIMENTO DE MERCADO

Este cara, o Corretor de Verdade, tem um profundo conhecimento do mercado, sabe o que está acontecendo, lê sobre temas e não se cansa de estar em rodas de profissionais, debatendo temas do dia-dia. Ele tem um “Know how” realmente elevado. Quando se trata de dados de mercado, números de unidades em lançamento em sua praça de atuação, números de imóveis à venda, estoque, ticket médio dos principais bairros. Ele sabe a média dos preços de locação, quais taxas praticadas em sua praça. E principalmente, quando se trata de retorno no bolso de seu investidor, está totalmente atualizado.

AJUDADOR E COMPARTILHADOR

Este profissional, é uma pessoa que não mede esforços para repassar seu conhecimento e compartilhar de suas experiências para os novos colegas, os famosos “Calças Brancas”. Via de regra ele não perde a oportunidade de ensinar seus atalhos e replicar aquilo que aprendeu nos anos em que, certamente foi ajudado por outros corretores. Ele sabe do seu potencial, e que ajudando ele pode adquirir mais conhecimento.

FAMÍLIA

Um corretor de verdade, aprendeu a dosar o tempo em que se dedica ao trabalho. O tempo que dá atenção à sua família é essencial para um trabalho mais saudável. Ele sabe o “time” do cliente, ele não deixa de fazer uma viagem com sua família ou amigos por uma venda. Pois ele fechará esta venda, antes ou depois de seu momento de descanso. Profissional, sabe o quanto a sua mente e seu corpo, precisam estar “relax” para a rotina da corretagem. Um Corretor de Verdade sabe organizar seu tempo.

TRABALHO

Um corretor de verdade é comprometido com seu trabalho, não tem hora, faça sol ou faça chuva, ele estará em um atendimento, em uma angariação de Imóvel, em um plantão de vendas ou até em um evento. O Trabalho não é só rotina, trabalho é o seu futuro, e da sua família, trabalho é dedicação, é vestir a camisa, é atender bem cada cliente, trabalho de corretor de Imóveis, é amor por realizar sonhos!

MARKETING PESSOAL

Um corretor de Verdade, sabe que sua aparência, sua postura perante os clientes é essencial. Ele sabe que um “Dress code” compatível à sua profissão é altamente relevante.  Jamais, atende um cliente sem estar devidamente elegante, com seus trajes bem passados, com perfume adequado. Materiais como: caneta, folha de proposta, tabela de preços e folder ou ficha do empreendimento, em mãos.

Termino este, que é meu primeiro artigo para este prestigiado portal PUBLICIDADE IMOBILIÁRIA, dizendo que só os melhores, resistem. Se você é um corretor de verdade, está dentro destes principais pilares, é porque ama o que faz e certamente tem orgulho de ser corretor.

Não perca meu próximo artigo.

Abração.
Klarc

Gostou do artigo? – Compartilhe nas redes sociais abaixo!!

Deixe seu comentário