Com juros baixos, aumenta a procura por financiamento imobiliário

Financiamento imobiliário – Nos últimos meses, a procura por financiamentos para a construção de casas aumentou, principalmente durante a pandemia do coronavírus. “Acho que as pessoas estão buscando ter mais espaço, ter pátio e estar em bairros calmos”, destaca o corretor de imóveis e sócio-proprietário da Idear Consultoria Habitacional, Tiago José de Souza.

Ele também percebe a procura por imóveis prontos. “Para quem quer se mudar logo é a melhor opção, porque, ao construir, é preciso dispor de tempo maior para se mudar, pois precisa-se definir e aprovar o projeto de construção junto à Prefeitura, além do período de obra, que geralmente leva quatro meses”.

A agente financeira e especialista em financiamentos da Caixa Econômica Federal, Patrícia Andreia Göttems, enfatiza que este é um bom período para financiar um imóvel, pois as taxas de juros estão baixas, como exemplo a taxa básica de juros da economia brasileira, conhecida como Selic, passou de 2019 que era 5,96% para 2%, neste ano. “É o melhor momento para fazer um financiamento, estamos tendo muita procura, porque com base na Selic, a maioria das taxas de juros no financiamento de imóveis na modalidade Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), teve uma redução expressiva”, comenta Patrícia.

Além disso, ela salienta que o valor das parcelas é semelhante ao de um aluguel, contudo, na casa própria, o cliente tem retorno, pois o imóvel é dele. “A locação é boa para moradia a curto prazo. Na casa própria, a pessoa pode fazer do jeito que quer, investir e saber que será seu. É um bom custo-benefício”, observa a profissional da Idear. financiamento imobiliário

O que é consultoria habitacional? – financiamento imobiliário

O sócio-proprietário da Idear Consultoria Habitacional, Tiago José de Souza, explica que, por meio do serviço de consultoria, é realizada pesquisa da necessidade do cliente, após isso, é feito o encaminhamento do financiamento imobiliário e a abertura de contas junto à Caixa Federal. Segundo ele, o grande benefício é que o cliente só vai no banco para finalizar o processo e assinar o contrato de aquisição do bem. “O cliente não precisa ir várias vezes na agência, não enfrenta filas, é uma forma ágil e flexível de fazer o financiamento”, comenta.
Prazo

Em imóveis prontos, após a avaliação de crédito ser aprovada, em média, leva cerca de 20 dias para a pessoa se mudar para a casa.

“Um imóvel sempre dá um retorno financeiro, é um ótimo investimento, porque ele valoriza a médio e longo prazo.” TIAGO JOSÉ DE SOUZA – Corretor de imóveis

Fonte: Folha do Mate

Deixe seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui