Home Mercado Imobiliário COFECI consegue, junto ao COAF, desobrigar corretores a prestar declaração de inocorrencia

COFECI consegue, junto ao COAF, desobrigar corretores a prestar declaração de inocorrencia

O Sistema Cofeci-Creci conseguiu, junto ao Coaf, desonerar os corretores de imóveis e imobiliárias a entregar declarações de inocorrências em 2015. Ou seja, os profissionais que não intermediaram nenhuma operação com as características previstas na Resolução Cofeci 1.336/2014 não precisarão mais se manifestar neste ano.

O prazo terminaria dia 31 de março. Intermediações previstas na Resolução (ver íntegra no site do Cofeci) devem ser declaradas de imediato. Entre elas, compras efetuadas em dinheiro vivo, com moeda estrangeira ou cheques de terceiros, por exemplo. Essas medidas, adotadas pelo Coaf, têm entre seus objetivos evitar que o mercado imobiliário seja utilizado para lavagem de dinheiro,  financiamento de atos de terrorismo, corrupção, narcotráfico, entre outros crimes

Fonte: João Teodoro ( Presidente do Cofeci )

Deixe seu comentário