Lendo Agora
Venda de imóveis da União poderá ser realizada pelos corretores de imóveis

Venda de imóveis da União poderá ser realizada pelos corretores de imóveis

Venda de imóveis da União poderá ser realizada pelos corretores de imóveis

Sancionada pelo Governo Federal, Lei 14.011/2020 ampliará as oportunidades de negócios para a categoria – imóveis da União

Na última semana, o governo federal sancionou a Lei 14.011/2020 que facilita a venda de imóveis da União e autoriza a intermediação dessas unidades pelos corretores de imóveis. A medida foi publicada no Diário Oficial no dia 12 de junho.

O objetivo claro da iniciativa é fazer com que a quantidade de imóveis inutilizados da União diminua. Além de reduzir os gastos com obras e manutenção, a expectativa do Governo é arrecadar R$ 30 bilhões até 2022.

Segundo a legislação, na hipótese de concorrência ou leilão público e sem interessados na primeira oportunidade, a Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União poderá realizar uma segunda concorrência ou leilão público com desconto de até 25% sobre o valor da avaliação vigente. O leilão fracassado por duas vezes possibilitará então a venda direta por intermédio dos corretores de imóveis. O desconto de 25% continua valendo.

Leia Também:
Descubra como os honorários do corretor de imóveis podem ser definidos
Por que ter um Termo de Visita é importante ao corretor de imóveis

A adição de mais uma possibilidade de negócio, sendo permitida a venda de imóveis da União, com certeza é uma boa notícia para a categoria.

Mas como lembra o presidente do Creci-RJ, Manoel da Silveira Maia, os corretores também devem se atentar e orientar os clientes interessados sobre os trâmites da negociação:

Leia Também
Que tal ajudar seu cliente a contratar o melhor crédito imobiliário?

– Neste caso em que o vendedor é a União vira uma condição do negócio e está previsto na legislação que o pagamento da comissão aos corretores de imóveis deverá ser efetuado pelo comprador. Então é uma cautela que o profissional precisa ter de passar todas as informações inerentes ao negócio para os adquirentes.

Clique aqui e confira a Lei 14.011/2020 na íntegra

Fonte: Creci RJ

Deixe seu comentário abaixo!
Nenhum Comentário (0)

Deixe seu Comentário

Seu email não será divulgado.

© 2021 Publicidade Imobiliária. Todos os direitos reservados.