Técnicas Matadoras de E-mail Marketing para o mercado imobiliário

O e-mail marketing é um dos recursos mais antigos do marketing digital. Ele atua estabelecendo uma comunicação direta entre as empresas e seus potenciais clientes e que pode melhorar os negócios para as imobiliárias. Mas, é preciso saber como um bom e-mail marketing deve ser feito. mercado imobiliário 

O e-mail marketing pode ser uma mensagem de texto simples ou em HTML para promover produtos, passar conteúdos sobre promoções, conteúdos de relevância, entre outras informações. mercado imobiliário 

E-mail Marketing para imobiliárias

A internet é muito importante para quem está querendo vender, comprar ou alugar algum imóvel. E o e-mail marketing pode ser um grande aliado. Aqui vão algumas dicas que podem ajudar a sua imobiliária a ter um e-mail marketing de sucesso.

Como conquistar o cliente no mercado imobiliário

A decisão de comprar ou alugar um imóvel leva um certo tempo, o que significa mais trabalho e dedicação de quem trabalha na área. É preciso construir um relacionamento direto com o cliente.

O e-mail marketing ajuda muito nisso, porque é um meio de estabelecer uma comunicação mais direta, ágil e confiável. Além disso, essa é uma estratégia que exige um menor recurso financeiro.

Através do e-mail marketing para imobiliárias é possível realizar uma análise de do andamento das campanhas, avaliar dados relevantes para obter bons resultados. Essa é uma das grandes vantagens do marketing online em relação ao tradicional.

É importante fazer um investimento para conquistar a confiança dos clientes. O e-mail marketing ajuda a dar mais credibilidade para o consumidor, porque passa a sensação de uma conversa exclusiva entre cliente e corretor.

Base para um E-mail Marketing para imobiliárias

É importante saber aproveitar os contatos que vão sendo coletado com o tempo pela imobiliária para criar uma base de e-mails eficiente, com maiores chances do e-mail marketing ser aberto e lido.

Uma base incerta e sem frequência não é uma boa estratégia, pois há grandes chances de que essas pessoas não estejam interessadas em comprar ou alugar um imóvel. A listagem deve ser sempre atualizada, lembrando de excluir os que pedirem para não receber mais os e-mails e acrescentando aqueles que querem participar.

Cuidados com e-mail marketing

Vale apena investir o tempo da imobiliária enviando o e-mail marketing para quem realmente pode trazer vendas. Mas, para evitar exagerar e gastar mais do que deve, é preciso:

Procurar por novos contatos de e-mail marketing no esquema de reciprocidade, dando algo em troca pelo e-mail, como e-books, por exemplo. Não se esquecendo de que é necessário ter bons argumentos na hora de falar sobre os imóveis oferecidos pela imobiliária que vão conquistar o cliente;

Fazer uma base de e-mail com dados para segmentação na hora de enviar algum material. Algumas informações que podem ser úteis são: nome, sexo, local em que mora, idade, etc. Mas, é importante pedir somente as informações que irá usar, para otimização do tempo de todos;

Respeito é algo primordial. É preciso aceitar a decisão de quem pede pelo descadastramento para não receber mais o e-mail marketing. Isso, também, impede gastos com quem não deseja mais saber sobre o negócio e irá melhorar a imagem da imobiliária.

É importante ter cuidado para ficar longe das black lists, que estabelecem os e-mails tidos como spam. Pois, os internautas podem fazer denúncias por enviar mensagens indesejadas, com risco de e-mails marketing futuros nem sequer irem para a caixa de entrada dos potenciais clientes.

Relevância – mercado imobiliário 

O assunto é sempre o grande chamariz de um e-mail marketing de sucesso, pois a ideia é que a pessoa abra a mensagem. Por isso, ele tem que ser bem pensado, sem espantar possíveis clientes.

E-mail Marketing para imobiliárias com nome do cliente

É bom que cada e-mail marketing, tenha o nome do cliente para qual é destinado para passar o sentimento de proximidade. Não é necessário ficar preocupado com o trabalho, já que existem ferramentas específicas para isso e que podem ser usadas com grande facilidade.

  • Ensinar o cliente – mercado imobiliário 

Para mostrar um diferencial em relação ao que se vende ou aluga, pode ser bem útil oferecer conteúdo segmentados. No final, o grande segredo é utilizar o tipo de informação correta. Cada e-mail marketing para imobiliária pode ser usado para passar algum conhecimento.

  • Eventos

Muitas empresas fazem convites para um evento através do e-mail, que seja de interesse deles. O importante é deixar bem claro os motivos pelos quais eles deveriam comparecer e o porquê vale apena. Também é preciso colocar um link que direcione para a página da inscrição ou para comprar o ingresso, além de passar todas as informações necessárias.

  • Pequenos Títulos

Os títulos das mensagens devem ter o tamanho certo, indo de 25 a 50 caracteres ou usando de 5 a 10 palavras. Mesmo sem um assunto pronto ao final, existem várias combinações, como usar uma pergunta para começar o assunto, deixando claro que a resposta será encontrada no e-mail.

  • Análise de resultados – mercado imobiliário 

A única forma de descobrir se a estratégia de E-mail Marketing para imobiliárias trouxe bons resultados, é fazendo o acompanhamento e avaliar os resultados, não comece com o envio dos e-mails sem estabelecer as metas e métricas para a avaliação para determinar como está o desempenho.

  • Assunto

O assunto pode fazer toda a diferença na hora de decidir se vai abrir ou não o e-mail. O campo “Assunto” da mensagem é como se fosse uma vitrine para a mensagem e deve ser bem realizado.

  • Testes

É importante fazer testes antes de enviar o E-mail Marketing para imobiliárias, pois quando ele for enviado não poderá ser editado. Por isso, alguns cuidados são muito importantes.

É necessário ver se os links funcionam, se o texto está fácil de ler, se o Call to Action está em uma boa posição e se pode ser visualizado pelo celular com qualidade. Primeiro, deve ser realizado o envio de uma e outra mensagem para uma parte da lista de contatos, e ver os melhores resultados e como deve ser enviada para o restante. O ideal é criar de uma a três versões diferentes, para que depois possa ver qual delas consegue um resultado bem mais positivo.

Fonte: 99web

Deixe seu comentário