Como se relacionar com seus leads de imóveis durante a quarentena?

Não estamos passando por um período fácil. Isso não é novidade pra ninguém, principalmente para o mercado imobiliário, corretores de imóveis e pros gestores.

Ao mesmo tempo que tenho interesse em saber sobre o Coronavírus e os números atualizados do Ministério da Saúde, eu me pergunto: o que posso fazer para usar esta crise a meu favor?

Resolvi então escrever este artigo para ajudar você, gestor de imobiliária, corretor de imóveis, empresário; a usar o tempo livre da quarentena pra reforçar a comunicação com os leads dos seus imóveis.

O Covid-19 trouxe a necessidade de reinvenção e criatividade. Vou fazer aqui um pequeno resumo de como tudo começou e da evolução do vírus até chegar ao Brasil. Hoje todos os continentes estão infectados.

 

Como tudo começou

Tudo começou na China Central, especificamente numa cidade com 11 milhões de habitantes chamada Wuhan. Ainda em dezembro de 2019 uma doença misteriosa começou a infectar os habitantes.

O número de doentes aumentou rapidamente e o principal sintoma era a pneumonia. O problema foi piorando até que em janeiro deste ano ocorreram as primeiras mortes.

Começava então uma preocupação ainda maior para detectar que tipo de doença era aquela, já que o número de pessoas doentes e de mortos não parava de crescer.

A ameaça foi então nomeada de Coronavírus.

Mas o grande destaque mundial começou quando o Coronavírus chegou na Europa, paralisando a Itália. No começo as autoridades tentavam entender o que acontecia, mas a piora era crescente.

Começaram então as medidas mais extremas na Itália, como a quarentena e o isolamento social.

O país ficou deserto e todos os eventos foram cancelados. A recomendação era pra que as pessoas não se encontrassem e, principalmente, não ocorressem aglomerações de pessoas.

O objetivo era parar a transmissão do vírus e, consequentemente, não houvessem mais infectados.

A doença chegou ao Brasil em fevereiro e o primeiro caso foi detectado na cidade de São Paulo. Tratava-se de uma pessoa de 61 anos que havia viajado para Itália.

No início de março, pela primeira vez, o número de casos na China havia caído 2 dígitos em relação a janeiro. No mesmo período o número de mortes na Itália também apresentou uma queda.

Já no Brasil, a primeira morte ocasionada pelo Covid-19 foi em 17 de março, também em São Paulo. O que chamou atenção das autoridades foi que a vítima, um idoso de 62 anos com problemas de hipertensão e diabetes, não havia viajado para o exterior.

Embora o alerta de contaminação no Brasil tenha ocorrido em janeiro, mesmo período em que surgiram os primeiros casos na Itália, foi apenas depois do carnaval e da primeira morte que as autoridades deram os primeiros indícios públicos de preocupação.

Começava então uma corrida contra o tempo para evitar que a pandemia se alastrasse em solo nacional. Atualmente o Distrito Federal e todos os estados brasileiros possuem pessoas infectadas.

O número de mortes ainda aumenta e várias cidades já adotaram medidas de segurança como a quarentena e o isolamento social.

Não sabemos quanto tempo pode durar a quarentena. Por isso preparei dicas de marketing digital para você estudar durante este período e aplicar na sua imobiliária.

 

Marketing de conteúdo

Este é o momento de você investir no marketing imobiliário e, principalmente, em inbound marketing. A maioria das imobiliárias está trabalhando home office.

Desta forma plante estratégias para fortalecer o conteúdo especializado do seu negócio, se diferenciar e se tornar referência no assunto.

Aproveite para falar sobre temas leves referentes ao mercado imobiliário, previsões de retomada das negociações, cuidados necessários para quem está em isolamento.

Mostre que a imobiliária está antenada no assunto, porém sem interferir em comunicados oficiais. Combata as fake news. Mostre também flexibilidade e amparo aos clientes, parceiros e colaboradores.

Suas ações de marketing digital para imobiliárias e conteúdos devem ter um impacto positivo entre os clientes. Utilize todos os canais disponíveis pra isso como Instagram, Facebook, LinkedIN, e-mails, Whatsapp e outras opções que sejam vantajosas pro seu negócio.

 

Email marketing – imóveis

Um recurso que pode e deve ser amplamente utilizado no período de quarentena é o email marketing. Afinal, a maioria dos clientes estará em casa nas redes sociais e conectados.

Neste momento invista em emails com conteúdos e informações atualizadas sobre o Coronavírus, o mercado imobiliário e o impacto na região da sua imobiliária.

De acordo com o site HubSpot, apenas em 2013 foram enviados 838 bilhões de emails marketing, sendo que 91% dos consumidores verificam seus emails diariamente, 74%dos consumidores preferem receber comunicação comercial via email e 48% dos emails foram abertos em aparelhos mobile.

O principal objetivo de um email marketing, além de informar, é instigar o consumidor a visitar o seu site e se transformar em um possível comprador.

Pra que isso aconteça você precisa focar no público-alvo correto. Não adianta você escrever uma boa mensagem e enviar para um público que não tem interesse por aquele assunto.

Trace um perfil do público que você deseja atingir. Elabore uma buyer persona e escreva seu email totalmente direcionado para esta persona.

Fique atento também ao conteúdo diferenciado. Quando abrimos um site de notícias ou o próprio Whatsapp, vemos um milhão de informações sobre o Coronavírus, estamos saturados deste assunto.

Faça abordagens criativas, evite mais do mesmo. O feedback dos primeiros e-mails enviados vai direcionar para as melhorias dos próximos e-mails.

 

Pesquisa de satisfação

Trabalhando com a perspectiva de que a quarentena tende a gerar muito tempo livre entre os clientes da imobiliária, invista na pesquisa de satisfação.

Uma pesquisa de satisfação diz muito sobre a maneira como o gestor ou a imobiliária estão conduzindo os trabalhos, bem como o atendimento, a facilidade de navegação no site, o tipo de imóvel anunciado e a qualidade das visitas presenciais.

Uma dica que gosto de dar é para que os gestores e corretores de imóveis entrem em contato com os clientes dos últimos dias.

Escolha um período de acordo com o número de corretores disponíveis para a ação e o tamanho da base de leads. Seja por email, telefone ou WhatsApp, procure saber, conforme citado acima, a avaliação dos clientes e o que pode ser melhorado.

É importante também aproveitar para fazer pesquisas com a equipe interna de corretores. Eles estão motivados e felizes em trabalhar na imobiliária? Quais as dores e o que você pode fazer para engajar ainda mais seu time? Não esqueça que uma equipe que trabalha feliz produz mais.

Aproveite a quarentena para traçar novas estratégias também para a comunicação e relacionamento interno.

 

Whatsapp – imóveis

A mídia mais utilizada no período da quarentena é, sem dúvidas, o WhatsApp. Ele permite a comunicação entre as pessoas que estão isoladas, aproximando agora, mais do que nunca, as famílias e amigos.

Os clientes estão em suas casas, o que aumenta o tempo de uso da internet e também as pesquisas sobre Coronavírus.

Uma ideia pra sua imobiliária é montar uma lista de transmissão com informações atualizadas sobre seu bairro ou cidade.

Mas tome alguns cuidados, como utilizar sempre fontes oficiais e confiáveis. Ajude a disseminar boas informações em vez de fake news.

Neste site você tem acesso às palavras e termos mais pesquisados em relação ao Coronavírus. Você pode fazer uma pesquisa para ter estes assuntos como base.

 

Contrato Digital

Na era da informação, as pessoas já compram quase tudo online pelo celular. Plataformas como ClickSign e DocuSign já existem há alguns anos.

Têm válida jurídica e são fáceis de utilizar. Com um baixo custo você estreita distâncias e consegue realizar assinaturas eletrônicas.

 

Lista de Espera – imóveis

Eu sei que o Funil de Vendas de algumas Imobiliárias parou. Os fechamentos e visitas à imóveis estão quase impossíveis.

Se não for possível realizar o fechamento via contrato digital, ou até mesmo o cliente ainda não esteja confortável para concretizar o negócio antes de visitar, seja criativo. Faça uma lista de espera para cada serviço ou imóvel e mantenha os leads aquecidos com informações da crise e do mercado.

 

 

Conclusão

Não devemos desanimar. Sabemos que o período pode durar alguns dias, porém o mundo e a vida continuam.

A maioria das empresas

está conseguindo produzir em home office.

Claro que é esperada uma baixa na demanda de vendas e locações, porém é necessário aproveitar o tempo disponível para plantar estratégias de médio e longo prazo. Aproveite para produzir.

Se quiser ajuda, acesse meu site sobre inbound marketing, marketing digital imobiliário e muito mais. Nele você vai encontrar conteúdos exclusivos. Aproveite, não fique pra trás!

 

Deixe seu comentário