Programa Casa Verde e Amarela representam 83% das vendas de Imóveis

Apartamentos compactos continuam em alta no setor imobiliário e imóveis do programa Casa Verde e Amarela representam 83% das vendas.

Os últimos dados do levantamento trimestral da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), sobre vendas e lançamentos de unidades, mostraram que o ano de 2021 começou aquecido para o mercado imobiliário. De acordo com o documento, que se refere aos meses de dezembro de 2020, janeiro e fevereiro de 2021, houve um aumento de 30,8% nos lançamentos e alta de 18,6% em relação ao volume vendido no mesmo período do ano anterior. Já no acumulado dos últimos 12 meses encerrados em fevereiro, as 140.402 unidades comercializadas superaram em 22,5% o volume transacionado no período precedente. Casa Verde e Amarela

Os números dos primeiros meses de 2021 acenam para um cenário positivo ao longo do ano, que é para o qual apontam as ações da construtora Yticon, que faz parte do Grupo A.Yoshii, com sede em Londrina (PR). Comparando o mesmo período do levantamento da Abrainc, a empresa acumula dois empreendimentos lançados, que somam mais de 560 unidades. Destas, 175 já foram comercializadas apenas no trimestre, o que representa 31% do total. A construtora anuncia, também, outro próximo lançamento para o mês de junho, que conta com 70% de unidades adquiridas na pré-venda, índice acima do esperado.

Conforme dados da Abrainc, quando se fala por segmento, os empreendimentos participantes do Programa Casa Verde Amarela (CVA) estão numa posição de destaque, sendo responsáveis por 85,3% dos lançamentos e 83,6% das vendas residenciais nos últimos 12 meses. No caso da Yticon, os dois lançamentos do trimestre são referentes ao CVA.

Com relação às unidades lançadas, o segmento registrou alta de 27,1% no mesmo período e de 13,7%, nos últimos 12 meses. Já as vendas do segmento apresentaram alta registrada de 25,6% nas unidades comercializadas no último trimestre móvel, contribuindo para um avanço de 34% no acumulado dos últimos 12 meses. Atualmente, a construtora Yticon possui dois empreendimentos em fase de lançamento no mesmo período, sendo que as obras iniciarão ainda neste ano.

Para o superintendente de expansão da Yticon, Cleber Casado, os números da empresa só reforçam os indicadores imobiliários nacionais. “As pesquisas e dados positivos das entidades do setor mostram o que presenciamos na rotina da construtora. Imóvel continua sendo um dos investimentos mais rentáveis e seguros para as famílias e negócios”, pontua, acrescentando que, a construtora, pioneira na região no ramo do primeiro imóvel compacto, ampliou o catálogo de possibilidades com os imóveis voltados ao Programa Casa Verde e Amarela. “Com isso, conseguimos atender outra parcela de clientes com a mesma qualidade dos empreendimentos que já entregávamos”, conta.

Dentre os destaques do segmento, estão os dois lançamentos recentes, como o Solar di Ravello, em Londrina (PR), e Solar das Laranjeiras, em Maringá (PR). Todos começaram a ser vendidos em meados de dezembro, com lançamento oficial em janeiro deste ano. “Os empreendimentos estão localizados em regiões com muito potencial de crescimento econômico, o que reflete diretamente na valorização do imóvel. Os valores são extremamente acessíveis às faixas de até quatro salários mínimos, que quando convertidos em parcelas de financiamento, ficam equiparadas a um aluguel”, finaliza Casado.Casa Verde e Amarela

Fonte: Monitor Mercantil

Deixe seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui