Financiamento de terreno é igual ao de imóveis?

Conheça as diferenças de contratar um financiamento de terreno em relação ao de imóveis na planta e já construídos.

Ao contrário de muitas pessoas que dão preferência por comprar um imóvel na planta ou já em construção, algumas preferem adquirir o terreno para construir algo no espaço. Diante dessa situação, pequenas dúvidas acabam surgindo sobre as etapas do financiamento e quem pode solicitar o crédito.

Caso a área esteja localizada em regiões urbanas, é possível dar entrada no financiamento de terreno de forma rápida e segura. Conheça, a seguir, mais informações sobre como executar esse processo e suas principais vantagens.

Como funciona o financiamento de um terreno residencial?

Antes de mais nada, saiba que, para comprar um terreno financiado, o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) não pode ser usado. Dessa forma, somente recursos provenientes do SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo) e das próprias instituições bancárias podem ser disponibilizados nesse processo.

Vale lembrar que o limite de valor a ser financiado é de R$ 950 mil em Minas Gerais, São Paulo, Distrito Federal e Rio de Janeiro, e de R$ 800 mil nas demais regiões do país. Tal regra é semelhante ao do SFH (Sistema Financeiro da Habitação) e é válida para quem irá solicitar o SBPE em algum banco.

O limite de parcelas do financiamento de terrenos varia de acordo com cada instituição, sendo que geralmente é aplicada a mesma regra de imóveis comerciais (10 anos e taxa de juros maior). Contudo, nessa situação, o valor dos juros tende a ser relativamente mais alto em relação aos imóveis já prontos, e o limite de crédito fornecido gira em torno de 70% do valor da área.

Agora, caso a instituição financeira faça uso de seus próprios recursos ao ceder os financiamentos, os juros cobrados mensalmente tendem a ser ainda mais elevados. Por isso, caso escolha essa opção, analise e verifique se vale a pena ou não solicitar a quantia necessária.

Quem pode financiar a compra de um terreno?

Existem alguns critérios a serem analisados pelo credor antes de disponibilizar o crédito ao solicitante. Isso garante maior segurança para ambas as partes e, no caso do cliente, menos dificuldades durante o pagamento das parcelas. Confira!

  • Pessoas maiores de 18 anos;
  • Comprovante de renda mensal familiar e, a partir daí, verificar qual será o limite de crédito disponibilizado;
  • Ter nascido no Brasil ou ter cidadania brasileira;
  • Fazer a contratação dos serviços de seguro oferecidos pela instituição,
  • Sua idade somada à quantidade de anos de duração do financiamento não pode exceder 80 anos e meio.

O passo a passo para financiar um terreno

Caso decida fazer um empréstimo para compra de terreno, faça uma análise de todas as instituições bancárias que concedem esse tipo de crédito. Ao realizar essa tarefa, conte a Melhortaxa e toda a assistência oferecida para você encontrar as taxas de juros de acordo com seu perfil.

Escolhido o credor ideal, entregue a documentação exigida e espere a instituição analisá-la e verificar se está tudo em ordem. Isso é importante pois, nessa etapa, o órgão responsável por conceder o crédito irá consultar sua renda mensal e se não possui o nome sujo.

Por fim, após o banco aprovar o financiamento, basta escolher o terreno, assinar o contrato de compra e venda e registrá-lo em um cartório. Assim, imediatamente, será depositada em sua conta a quantia solicitada e as parcelas começam a correr.

Vantagens de adquirir um terreno

Conforme mencionado acima, os juros do financiamento de terreno geralmente são mais mais elevados em relação ao crédito para a compra de imóveis na planta, novos e seminovos. Contudo, existem diversas vantagens de adquirir um lote de terra e, posteriormente, construir algo nele.

A princípio, ao solicitar o financiamento, geralmente o crédito não costuma demorar muito até ser liberado. Isso acontece, pois como se trata de um imóvel já construído, é feita uma avaliação em toda a propriedade com o intuito de verificar se não há nenhuma falha estrutural. Por ser um processo demorado, isso acaba atrasando postergando a liberação do empréstimo.

Nos terrenos, não necessariamente precisa ocorrer uma vistoria, pois ali não há nada construído. Entretanto, a metragem mencionada no ato do financiamento precisa estar idêntica àquela citada em sua escritura. Ainda, o valor do crédito é mais fácil de ser calculado, já que não é preciso fazer a conta de quantos metros quadrados estão construídos.

Agora que você já sabe como financiar um terreno, chegou o momento de verificar qual instituição financeira possui os melhores juros do mercado para lhe conceder um empréstimo. Para isso, faça seu cadastro aqui na Melhortaxa! Oferecemos total assistência para que feche um bom negócio!

Acesse: http://bit.ly/melhortaxafinanciar