Construtora brasileira planeja ser uma plataforma global habitação

Em 2019 o programa Minha Casa Minha Vida completa 10 anos. Cerca de 15 milhões de pessoas já foram atendidas. Além de promover a mudança na vida de muitas famílias que realizaram o sonho de conquistar a casa própria, o Minha Casa Minha Vida tem um importante papel na atividade do mercado imobiliário. De acordo com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), o programa respondeu por 51% dos lançamentos imobiliários no terceiro trimestre de 2018.

Em entrevista para o podcast Vem pra mesa, o fundador e presidente do Conselho de Administração da MRV Rubens Menin, falou sobre as perspectivas para o setor da construção civil nos próximos anos.

Da mesma forma que a empresa em 1994 iniciou uma expansão para fora do estado de Minas Gerais, ela deseja projetar-se para o mundo e tornar-se uma plataforma global de construção. A MRV possui um Laboratório nos Estados Unidos, que funciona como uma base de pesquisa e desenvolvimento. “A tecnologia está evoluindo muito rápido e temos que estar aptos e investindo para concorrer com os grandes players globais”, afirmou Rubens.

Um dos principais desafios para o segmento econômico é o crédito, que atualmente vem basicamente do fundo de garantia (Caixa Econômica Federal). Porém os bancos privados enxergaram que esse é um nicho interessante, e estão querendo entrar nesse mercado.

Rubens fala que é necessário a construção de 1,5 milhões de moradias por ano. E que os recursos vindos do FGTS são suficientes para financiar 400 mil unidades por ano. Logo, é preciso arrumar algo que possa multiplicar esse valor, no mínimo por duas vezes e meia.

Na entrevista Rubens fala da importância das energias renováveis, principalmente para reduzir os custos de condomínio. Há dois anos a MRV começou a implementar a energia solar fotovoltaica. Atualmente todos os lançamentos da empresa já contam 100% com energia obtida através da conversão direta da luz em eletricidade.

O podcast Vem pra mesa, que é apresentado por Sergio Langer, está disponível nos principais aplicativos. Para ouvir no Spotify acesse: https://spoti.fi/2UswgMm

Fonte: Exame

Deixe seu comentário