Segundo Semestre 2016. Cresce o Otimismo Para o Mercado Imobiliário.

Alguns setores da economia brasileira junto com a política nacional encontra-se em um momento delicado, o que pode gerar aos investidores/compradores, certo receio na hora de adquirir um imóvel. Contudo, o segundo semestre de 2016 tem a chance de ser um bom período para o ramo imobiliário. Confira o porquê:

Para falar do tema, trago a visão de Ricardo Amorim, economista, apresentador de televisão e eleito uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil em 2015, segundo a revista Forbes. Ele tem grande credibilidade quando se trata do mercado imobiliário brasileiro.

Em uma matéria publicada para a Isto É, ele cita “O mercado imobiliário gera paixões. Para muitos, a compra de um imóvel é a decisão financeira mais importante da vida. Para investidores, é um potencial de lucros às vezes fantásticos. Para o País, um poderoso motor de crescimento e geração de empregos.”

Nos últimos meses temos ouvido constantemente sobre a crise no país, que tem levado muitos a um considerável medo de investimentos em longo prazo. Esse nervosismo, justificado pelo risco de desemprego, tem feito com que cada vez mais brasileiros segurem sua ansiedade na hora de dar um passo importante como a compra da casa própria. Mas há uma boa notícia, a mesma crise fez com que o mercado imobiliário experimentasse uma desacelerada nos preços e as construtoras mudassem suas estratégias para vender suas unidades antes de investir em novos empreendimentos.

Com base na lei da oferta e procura, os incorporadores estão dispostos a negociar o valor do imóvel com o cliente no momento da compra. O processo e simples: em época de retração do mercado, quem possui recursos para investir sai por cima, uma vez que seu poder de barganha é maior. É a hora dos compradores!

Ou seja, em um momento em que os preços caem e os descontos sobem, o investidor pode aproveitar para abocanhar as oportunidades de bons imóveis (novos e usados) que apresentam um preço abaixo da média histórica e com isso lucrar no momento que o mercado se recuperar.

Como dizia Winston Churchill:

“O pessimista vê dificuldade em cada oportunidade; o otimista vê oportunidade em cada dificuldade”

Caros corretores concordo que mesmo com tantas vantagens  supracitados a favor de nossos clientes não estar sendo fácil convencê-los que o momento certo é agora para comprar. Contudo vale apena redobrar nossos argumentos de vendas e cobrar das incorporadoras uma comissão maior. Lembre-se que nos é quem estamos na ponta da negociação e devemos negociar um pouco mais na comissão. Tenho certeza que sua imobiliária ou as incorporadoras irão te dar mais valor quando você fechar sua próxima venda.

Em suma, o mercado imobiliário brasileiro tem potencial de crescimento, mesmo que num ritmo mais lento, se comparado aos anos anteriores.

Para mais informações, criticas, sugestões ou convites para eventos imobiliários é só entrar em contatos comigo nos endereços abaixo:

email: [email protected]

Instagram: paulocorretorjua

facebook @palestrantepaulooliveira

Whatsapp: (88) 9 9992 7132

Deixe seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui