Entre na nossa lista de email e receba Notificações exclusivas sobre o mercado imobiliário Toda semana!

Lendo Agora
Preço dos imóveis residenciais registra alta em março

Preço dos imóveis residenciais registra alta em março

Preço dos imóveis residenciais registra alta em março

Preço dos imóveis residenciais Salvador (BA) teve a maior elevação mensal atingindo 1,29%, seguida por Brasília, com 1,15%, e São Paulo, com 1,08%

O preço dos imóveis residenciais sofreu uma leve alta de 0,78% em março. O aumento é superior ao registrado em fevereiro (0,53%).

Apesar de esse resultado, a variação do indicador acumulada em 12 meses caiu pelo quinto mês consecutivo, passando de 10,59%, em outubro de 2020, para 8,45% em março deste ano.

É o que aponta o IGMI-R (Índice Geral de Preços Imobiliários – Residencial), feito pela Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) e a FGV (Fundação Getulio Vargas).

O indicador acompanha a variação média nos valores de compra e venda de todos os imóveis comercializados por meio de financiamento no país.

Salvador (BA) teve a maior alta mensal (1,29%), seguida por Brasília (1,15%) e São Paulo (SP), com 1,08%.

As elevações menos expressivas ocorreram no Rio de Janeiro (0,17%), Fortaleza (CE), com 0,22%, e Porto Alegre (RS), com 0,32%.

Leia Também
Creci e empresa são investigados pela PF por venda de diploma

Preço no Rio, Recife e DF teve alta nos últimos 12 meses

Todas as capitais registraram aumento nos preços nominais dos imóveis residenciais em março, porém apenas Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE) e Brasília (DF) registraram aceleração no resultado acumulado em 12 meses.

Fonte: R7

Nenhum Comentário (0)

Deixe seu Comentário

Seu email não será divulgado.

© 2021 Publicidade Imobiliária. Todos os direitos reservados.