‘Minha Casa 2’ vai priorizar levantar 2 milhões de casas

Programa entra na segunda fase já no início do ano que vem

Rio – O Governo Federal vai manter as metas iniciais de construção de imóveis do programa ‘Minha Casa, Minha Vida 2’. De acordo com o Ministério das Cidades, o objetivo continua sendo beneficiar famílias com renda de até 10 salários mínimos, já a partir de 2011. A estimativa é construir dois milhões de moradias, a maioria popular. Mas também serão atendidas famílias com renda de até R$ 4.650, só que em menor escala .

Para evitar a construção de unidades habitacionais em áreas irregulares, só será permitido o uso de terrenos em regularização, se houver um projeto de reassentamento de comunidades inteiras.

Segundo o ministro das Cidades, Marcio Fortes, no ‘Minha Casa 1’ houve uma superação das metas na faixa de menor renda na maioria dos estados, o que demonstrou ser possível contar com o setor privado para atender a essa parcela da população.

Outra novidade do Minha Casa, Minha Vida para o próximo ano é a criação de mecanismos para impedir que um mesmo imóvel seja adquirido duas vezes ou que uma mesma família seja beneficiada mais de uma vez.

Todos os planos do programa estão mantidos, apesar do anúncio de cortes no orçamento da União no ano que vem. A tesoura vai atingir despesas de custeio e não obras e programas sociais. Sinalização neste sentido partiu diretamente do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


Fonte: O dia

Deixe seu comentário