Sabe corretor de imóveis, você reclama de muita coisa e faz pouco por você.

Talvez você não concorde comigo nesse artigo, talvez você ache um absurdo, mas sem dúvida ele vai fazer você pensar e se ele fizer isso eu já fico feliz.

Eu entrei no mercado imobiliário em 2008, saí de uma empresa multinacional dessas cheias de metodologias, processos, indicadores e aquilo tudo que você lê em livros de gestão. Quando cheguei me deparei com o caos, são anos observando as mesmas coisas. Falta de capacitação, falta de ética, falta de comprometimento, falta de vontade, baixa disciplina, excesso de autoestima e pouca realização. Foi isso mesmo que eu reparei há anos atrás.

E o que mudou? O mercado.
E o corretor? Continua o mesmo.

Continuo percebendo e recebo as mesmas reclamações de antes, mas por que? Porque ninguém quer assumir a propriedade desse mercado, quando eu digo propriedade quero dizer, ninguém assume que é dono e coloca as coisas do jeito que devem ser. O pior é que está todo mundo querendo isso, inclusive o cliente. Mas ninguém faz, ou melhor, todo mundo está esperando alguém fazer. Pior, tem gente que acha que é o CRECI que tem que fazer. Deixa eu te contar uma coisa, eles não tem que fazer nada a não ser fiscalizar se você faz as coisas dentro da lei e do código da profissão.

Funciona mais ou menos assim, o construtor reclama da imobiliária, a imobiliária reclama do construtor e do corretor, o corretor reclama da imobiliária e do cliente, o cliente reclama do corretor. O construtor diz que o corretor tem que mudar, a imobiliária diz que corretor tem que mudar, o corretor diz que corretor tem que mudar, o cliente quer que o corretor mude.

Aí o corretor coloca a culpa nas regras de mercado e no creci, o creci coloca a culpa no corretor e no mercado, o construtor coloca a culpa na imobiliária e no cliente e o cliente coloca, de novo, a culpa no corretor.

De repente alguém novo chega e diz que vai fazer diferente, começa a fazer diferente. Todo mundo olha e critica porque esse alguém está fazendo diferente, todo mundo concorda que precisa ser diferente, mas se apenas um faz diferente é diferente demais.

Enfim, o que eu quero dizer nesse texto que parece mais uma brincadeira do que qualquer outra coisa é que, o tempo de brincar de mercado imobiliário acabou. Corretor, me escute, você é o dono desse negócio, a imobiliária é só um canal, o construtor e incorporador são seus fornecedores e o seu cliente é seu! Pare de reclamar e faça a coisa acontecer como tem que ser. Assuma a propriedade desse mercado e dite as regras que você precisa para fazer com ele seja melhor para todo mundo. Você é a base dessa pirâmide e não precisa ficar esperando o topo dizer o que tem que ser feito, a força é invertida.

Agora, se você vai assumir a propriedade, vai dizer que é dono, tem que fazer isso com coragem e responsabilidade. Você tem que buscar capacitação por conta própria e pagar por ela, não é responsabilidade do dono da imobiliária fazer você melhor profissional. Você tem que se organizar com outros corretores éticos para não deixar que os picaretas permaneçam no jogo ao invés de ver o que o outro fez de errado e achar que “tudo bem” porque não foi com você. Você precisa assumir o cliente e atende-lo corretamente, não adianta querer apenas a comissão da venda e quando o cliente precisa de alguma coisa é com a construtora, que respeito eles vão ter por você? Me diz quem respeita alguém que foge da responsabilidade?

Corretor de imóveis, quer ser reconhecido? Então faça por merecer, ninguém tem dó de você porque você é um profissional sem registro em carteira, sem salário fixo e sem outras garantias. Foi você que escolheu essa profissão, faça valer a pena para o mercado ter gente como você dentro dela. Conte comigo na sua batalha! Faça por você, mas faça com coragem!

Fonte: Guilherme Online

Deixe seu comentário