Como sobreviver e dar a volta por cima no mercado imobiliário durante a Covid-19

O isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19 impôs dois grandes desafios do século às pessoas: a preservação da saúde mental e a reinvenção profissional. Mais do que nunca, a palavra de ordem passou a ser a resiliência (capacidade de se recobrar facilmente ou se adaptar à má sorte ou às mudanças). Mercado imobiliário

No mercado imobiliário não está sendo diferente. As medidas de quarentena da Covid-19 caíram como um balde água fria no setor que vinha em nítido processo de aquecimento após anos de recessão, frustrando assim projeções de crescimento e expectativas de vendas, gerando preocupação entre corretores de imóveis e empresas imobiliárias.

Nesse contexto de reinvenção profissional em meio a escassez de vendas, faz-se necessária a adoção de novas estratégias, a exemplo de redobrar a atenção ao possível comprador e oferecer-lhe apoio, positividade e esclarecimento de dúvidas, demonstrando empatia.

É possível sim, garantir não apenas a sobrevivência, mas dar a volta por cima.

Como dito, o momento exige não focar só nas vendas, mas procurar entender mais seus clientes, demonstrando empatia e compreensão quanto a situação financeira mais delicada, mostrando-se de algum modo como uma pessoa que pode ter uma solução.

O recomendável é não sufocá-lo com propostas e mais propostas de investimento e sim de motivá-lo, de ter uma fala mais de amigo e menos de vendedor, incentivando-o a não se entregar e direcioná-lo a investir em algo que pode ser um bom negócio.

A globalização do mercado também requer que o corretor de imóveis esteja atento a tudo que acontece fora do seu universo, pois daqui para a frente o trending será sempre um assunto muito abordado pelos clientes, tanto vendedores quanto compradores.

Outras exigência a ser atendida nesse período de crise e redução de dinheiro circulante, é a qualificação por parte desses profissionais, no tocante a financiamento, normativos dos bancos, rentabilidade de fundos de investimentos e do mercado financeiro atual.

Por fim, vislumbro na fase pós Covid-19 o mercado imobiliário como um dos maiores nicho de investimentos do país, principalmente diante a queda de quase 50% da bolsa. Com essa volatilidade do investimento em ações, muitas pessoas buscarão a segurança que o mercado imobiliário proporciona. É onde o corretor de imóveis capacitado e adaptado aos novos tempos convencerá seu cliente, com conhecimento de causa sobre a valorização e rentabilidade garantidas.

Por Rômulo Soares


Lei Geral de Proteção de Dados no período de Coronavírus: O antes, o agora e o depois foi o tema debatido intensamente no Programa Tambaú Imóveis o último sábado (2) com os Advogados Especialistas no Direito Administrativo e Empresarial, Laryssa Almeida e Torben Maia.

Fonte: Portal T5

Deixe seu comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui