Como aumentar as chances de fazer bons negócios com imóveis

Historicamente, o imóvel sempre foi um bom investimento. É difícil encontrar alguma estatística que aponte prejuízos com a negociação de imóveis se a pessoa respeitar alguns critérios básicos na compra e na venda. Para ajudar os clientes, a Rede Imóveis preparou uma lista com dicas para potencializar as chances de ter bons lucros neste mercado.

NA COMPRA

Localização

Dê prioridade para imóveis bem localizados, ou seja, em bairros valorizados e, dentro dos bairros, em áreas com boa estrutura de comércio, escolas, acesso viário facilitado. Também aposte em regiões que estão em crescimento, mas pesquise o potencial de desenvolvimento para se certificar de que haverá boa valorização.

Características

A localização também deve ter relação com a característica do imóvel. Apartamentos de um e dois quartos ou estúdios são bem procurados quando perto de universidades e escolas. Conjuntos comerciais próximos a centros com estrutura de comércio e de serviços também têm boa valorização. Em relação a casas, as de três ou mais quartos em condomínios fechados têm boa procura.

NA VENDA

Conservação

O estado de conservação é basicamente o primeiro fator analisado pelo interessado. Se for preciso, faça pequenas reformas – sem grandes investimentos – antes de colocar a venda. Deixe em ordem a elétrica e a hidráulica, a pintura, o piso, o telhado e o jardim. Certifique-se de que não haja infiltrações, vazamentos e trincas. Torneiras, portas, janelas e interruptores devem estar funcionando perfeitamente. Se for vender mobiliado, os móveis devem estar em bom estado.

“Por mais que o comprador mude toda a pintura depois ou realize pequenas obras, ele fica mais satisfeito em adquirir um imóvel limpo, bonito e bem organizado. São cuidados simples que aumentam consideravelmente as chances de negociação e que muitos proprietários não levam em conta na hora de colocar o imóvel a venda”, diz Fernando Galvão Puhl, presidente da Rede Imóveis.

Aparência

Parece óbvio, mas há quem descuide da aparência do imóvel, deixando sujeira por todo canto, mato e objetos fora do lugar. Esse desleixo dá a impressão de que o imóvel, num todo, não teve bons cuidados e atrapalha na venda.

Documentação

O futuro comprador vai, obviamente, querer se certificar da segurança do negócio que está fazendo. Para isso, é imprescindível que toda a documentação esteja em ordem. Regularize eventuais taxas pendentes.

Informações

Faça questão de estar junto com o corretor na hora de receber os interessados. Forneça todas as informações possíveis quanto à construção do imóvel, idade, benfeitorias, características do bairro etc. Quando mais verdadeiro e seguro você for, mais segurança vai passar a quem comprar.

Preço

Tenha em mente um valor adequado. Se for deixar na imobiliária, já haverá uma avaliação prévia e com parâmetros de mercado. É claro que já deverá ter conversado com o corretor sobre os limites aceitáveis para não titubear nas ofertas dos interessados.

Assessoria

Vender com a assessoria de uma imobiliária idônea e de tradição é muito mais seguro e mais rápido. Não abra a mão de ter esse apoio. Pesquise bem o mercado, peça referências e escolha uma imobiliária que realmente vai ajudá-lo a fazer o melhor negócio possível.

 

Fonte: rocha@rtpress.com.br

Deixe seu comentário