Busca por imóveis em queda?

A busca de locação vem forte desde o ano passado e isto é resultante de uma população receosa quanto ao que virá pela frente quando falamos em economia.

Adiar a decisão é muito comum e recorrente no Brasil, a nossa “instabilidade” econômica atrapalha os investimentos e projetos a longo prazo, isto é fato.

No início do ano já tivemos uma melhora nos humores e nas previsões do PIB e inflação do ano. Isto otimiza o mercado e melhora nossos índices, trazendo confiança e investimentos para melhora da nossa economia.

Estamos no aguardo da aprovação da reforma da previdência, a fim de diminuirmos o nosso endividamento e sinalizarmos ao mercado internacional que podem sim investir no Brasil por que conseguiremos quitar nossas dívidas.

Dito isto, é perceptível que o começo do ano as buscas por compra de casas e apartamentos na Zona Leste de São Paulo. A mudança da percepção sobre apenas venda e a entrada da permuta imobiliária também caracteriza um novo mercado. O consumidor aumentou sim sua confiança com o novo governo.

A análise geral é que tivemos um grande aumento no número de vendas de imóveis já este ano, quando comparamos ao mesmo período do ano passado (2018).

Tudo leva a crer que, após a aprovação desta reforma, teremos uma melhora significativa na economia e também nos índices que direcionam o mercado para bons ares.

Dito isto, a compra de imóvel deve ser uma crescente até o fim do ano e os financiamentos imobiliários devem aumentar o empréstimo deste crédito devido a grande demanda.

Esperamos que o financiamento imobiliário consiga reduzir cada vez mais suas taxas para viabilizar o financiamento aos compradores de imóveis.

 

Deixe seu comentário