ZAP entra na competição do mercado de reforma e revenda de imóveis

A empresa vai usar sua rede de imobiliárias e corretores de imóveis já conectados a sua plataforma para ajudar na escolha e depois na venda das casas e apartamentos

O grupo ZAP, maior site de classificados de imóveis do país, começará ainda neste semestre a comprar casas e apartamentos para reformar e, posteriormente revender. Com esse movimento, a companhia entra no setor de construção civil.

Segundo apurou o Valor Investe, novo site de investimentos pessoais do Valor a ser lançado em 2 de maio, o ZAP vai usar sua rede de imobiliárias e corretores já conectados a sua plataforma para ajudar na escolha e depois na venda dos imóveis. Procurada, a empresa diz que não comenta o assunto.

A entrada do ZAP nesse mercado acontece na esteira da redução de imóveis novos no setor. Os lançamentos de imóveis caíram 26,8% em fevereiro, na comparação anual, para 2.396 unidades, segundo levantamento realizado pela Abrainc (Associação Brasileira das Incorporadoras Imobiliárias) e pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas).

Depois da fusão, em novembro de 2017, dos portais Zap Imóveis e Viva Real, o grupo ZAP se tornou o maior site de classificados de imóveis do país. Por mês, são 56 milhões de acessos e 14 milhões de usuários únicos. O grupo emprega 800 pessoas.

Construtechs

O mercado imobiliário começa a ver uma proliferação de startups, as chamadas ‘construtechs’. A maioria atua com venda e locação de imóveis, mas há quem foque em manutenção e decoração de prédios e apartamentos, e outros que se especializam em obras com tecnologias mais modernas.

A Loft é uma delas. Fundada há menos de um ano por sete empreendedores, a startup já captou US$ 88 milhões em duas grandes rodadas de investimentos.

Na última rodada, receberam dinheiro dos fundos Valor Capital (do ex-embaixador americano no Brasil, Cliff Sobel), Fifth Wall (fundo americano especializado em disrupção no mercado imobiliário) e QED, um dos mais famosos investidores de fintechs do mundo.

Fonte: Valor Investe

Deixe seu comentário