Taxa de juros do financiamento imobiliário: saiba como reduzi-la

Está interessado em reduzir a taxa de juros do financiamento imobiliário? Pois, saiba que você não está sozinho! Com a taxa Selic chegando ao seu menor patamar histórico (atualmente, na casa de 2% ao ano), muitos brasileiros viram-se estimulados a portabilizar suas dívidas para negociar a redução de encargos.

Juros baixos representam um bom momento para investir em imóveis, mas quem já possui um financiamento em aberto pode ir além e renegociar o restante da dívida para adquirir descontos e outros benefícios.

Quer saber como reduzir a taxa de juros do financiamento imobiliário? Confira o texto a seguir e aprenda como funciona o cálculo, além de quais são as melhores opções para você migrar sua dívida e pagar menos encargos.

Como a Selic influencia o cálculo dos juros?

Quando falamos em queda da taxa de juros para financiamento imobiliário, isso significa que a economia brasileira está propícia para negociações. A taxa Selic mais baixa da história movimenta o mercado de imóveis, estimulando maior disputa entre os bancos para reduzir os juros de empréstimos e financiamentos.

Isso acontece porque o cálculo dos impostos e dos juros sobre financiamentos acompanha o movimento de mercado. Com a redução da taxa Selic, automaticamente, reduz-se o restante dos juros, incentivando, dessa forma, um maior consumo por parte da população.

Segundo dados do Banco Central, os brasileiros que optaram por uma portabilidade de crédito em 2019 viram as taxas reduzirem em 2,99% em relação ao valor inicial do empréstimo. Os efeitos dessa medida passaram a ser sentidos nos financiamentos imobiliários, e vários bancos decidiram reduzir suas taxas.

Como reduzir as taxas do financiamento imobiliário?

Para reduzir as taxas do financiamento imobiliário, primeiro, você deve pesquisar sobre as condições de cada instituição, depois, analisar quais opções se adequam à sua situação.

Isso porque cada banco trabalha com algum tipo de benefício para angariar novos clientes ou mesmo segurar quem está pensando em sair. Em alguns casos, o simples anúncio de que você deseja realizar uma portabilidade já é o bastante para a instituição oferecer condições melhores para o seu financiamento.

Se você não está conseguindo arcar com as parcelas ou encontrou ofertas melhores no mercado, há duas maneiras de reduzir os juros do financiamento imobiliário.

Portabilidade do financiamento imobiliário

Não está conseguindo arcar com as parcelas ou encontrou opções melhores em bancos concorrentes? A portabilidade de crédito pode ser uma excelente opção para você reduzir os juros do seu financiamento imobiliário.

De acordo com a Lei nº 27.703, é garantido a todos os consumidores o direito de transferir uma linha de crédito para outra instituição financeira e adequar a dívida de acordo com o contrato pré-estabelecido.

A portabilidade é uma ferramenta simples e prática, sendo feita sem grandes burocracias: basta informar o banco atual sobre a decisão. Em muitos casos, quando o banco se vê prestes a perder o cliente, uma renegociação pode facilitar a redução dos juros sem a necessidade de você mudar de instituição.

Amortização da dívida

Outra maneira de reduzir a taxa de juros do financiamento imobiliário é por meio de uma amortização da dívida. Nessa modalidade, o cliente tem a opção de adiantar as parcelas e, gradualmente, quitar o financiamento, ao mesmo tempo que o valor final é reduzido mensalmente.

Os bancos oferecem duas opções de amortização: você pode pagar o mesmo valor de parcela e diminuir o prazo ou manter o vencimento e reduzir o número de parcelas, aliviando o peso das prestações.

Porém, lembre-se que a amortização não reduz a taxa de juros do financiamento imobiliário. Ela permanece a mesma até o fim do contrato, mas ao abater as parcelas, você reduz o impacto dos juros na soma final dos valores.

Receba as melhores ofertas para o seu financiamento

Agora que você já sabe como funciona a taxa de juros do financiamento imobiliário, não há motivo para escolher uma instituição com encargos altos ou permanecer em um banco que não oferece vantagens, certo?

A Melhortaxa pode ajudar você a encontrar opções de financiamento com os menores juros do mercado! Faça um cadastro e receba as melhores ofertas para o seu orçamento.

Fonte: Melhortaxa

Deixe seu comentário