O Itaú anunciou a redução dos juros cobrados no crédito imobiliário.

Após a Caixa Econômica Federal anunciar uma linha de crédito voltada para financiar obras em loteamentos urbanos. Agora foi a vez do Itaú Unibanco anunciou hoje a redução dos juros cobrados no crédito imobiliário. Para imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), a nova taxa padrão será a partir de 10,7% ao ano mais a Taxa Referencial (TR, que também corrige a poupança), uma redução de 0,5 pontos percentuais em relação à taxa anterior. Já para o Sistema Financeiro da Habitação (SFH), a taxa padrão em vigor será a partir de 10,1% a.a.+ TR, uma queda de 0,4 pontos percentuais.

As taxas valem a partir de amanhã, 10 de agosto, e podem ser ainda menores, dependendo do perfil do cliente e do seu relacionamento com o banco. “Assim, elas podem chegar a 9,9% ao ano + TR no SFI e a 9,3% + TR no SFH”, diz o Itaú em comunicado.“Ampliamos a nossa oferta de crédito imobiliário, reduzindo nossas taxas”, diz Cristiane Magalhães, diretora do Itaú Unibanco. O banco fechou junho com R$ 38 bilhões em crédito imobiliário, 5,4% mais que no mesmo mês do ano passado. Foi a carteira de crédito voltada para pessoas físicas que mais cresceu no período.

O movimento de queda dos juros,para o crédito imobiliário, como o do Itaú, deve se espalhar pelo mercado, afirma Gilberto de Abreu, presidente da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). O movimento acompanhará a queda dos juros básicos pelo Banco Central (BC), que pode ir a 7% ao ano, e o aumento do interesse pela poupança, que renderá mais em relação a outras aplicações do mercado e aumentará o volume de recursos disponíveis nos bancos para emprestar para a casa própria.

O interessado deve, porém, avaliar se é o momento de comprar um imóvel. Analistas consideram a hora boa para comprar imóveis para morar.

Processo de crédito imobiliário no Itaú também é digital.

Os empréstimos podem ser feitos pela internet, diz o Itaú, afirmando que, em 2015, o banco foi a primeira instituição a oferecer a contratação de crédito imobiliário de forma digital por meio do seu internet banking.  A solução, estima a instituição, reduz em média 42% do tempo gasto pelo cliente no envio da documentação. Atualmente, boa parte dos clientes já utiliza o ambiente digital para contratação do produto, e mais de mil contratos já foram emitidos de forma 100% digital.

Atualmente, aproximadamente 90% da aprovação do crédito ocorre em até 1 hora pelo bankline e o tempo médio da finalização de um financiamento a partir do recebimento da documentação é inferior a 10 dias úteis. “Somos reconhecidos por ter o processo mais rápido do mercado”, afirma Cristiane. “Mais de 70% dos clientes que entram com uma proposta de financiamento, têm seu contrato emitido dentro deste prazo”, completa a executiva.

Quer saber como ganhar $$$ com financiamento imobiliário? Clique Aqui

Gostou do artigo? Deixe aqui seu comentário!