Início Sem categoria O corretor de imóveis e a morte da tabela sagrada

O corretor de imóveis e a morte da tabela sagrada

NEGOCIAR sempre foi um diferencial para qualquer profissional, imagina agora depois da decisão do C.A.D.E , não é mesmo CORRETOR DE IMÓVEIS?

O profissional do mercado imobiliário terá que NEGOCIAR sua comissão não apenas com os CLIENTES (que vão fazer LEILÃO), ele também deverá ser hábil em negociar com a construtora, com a imobiliária e com seus parceiros.

O GRANDE LANCE é que o CORRETOR poderá, inclusive, montar sua TABELA PERSONALIZADA de acordo com a segmentação e estratégia preferida.

E O QUE ISSO TEM A VER COMIGO QUE NÃO SOU CORRETOR DE IMÓVEIS?

Não importa sua profissão, você precisa negociar perfomance se quiser fugir da manada…

Imagine um cliente está oferecendo o imóvel dele por 400 mil e só aceita pagar para ao corretor o máximo de 3% de comissão.

Estamos na era de GERAR VALOR para o cliente. O que vai valer nesse novo mercado é SUA AUTORIDADE COMO ESPECIALISTA e o volume de indicações dos seus melhores clientes.

Você acha mesmo que o ADVOGADO DO LULA usou a TABELA SAGRADA DA OAB?

O foco do século XXI reside no DESEJO dos clientes comprarem de VOCÊ. Independente do produto, o cliente quer fazer negócio com a pessoa CERTA!

Voltando para o caso em questão, eu sei que você vai ficar muito PUTO, porque sempre ganhou 5%, então o que fazer para continuar GANHANDO 5% ou até mais ?

1) É imprescindível alinhar com o cliente o preço de mercado daquele imóvel, pois sabemos do (valor sentimental) , que o cliente acaba colocando na parada.

2) Nunca aceite a primeira oferta do cliente, você deve tentar os 5% , mesmo que o cliente fique irredutível, mesmo que o cliente diga que o corretor JOSÉ DA SILVA vai vender o imóvel dele ganhando só 2%…. PERSISTA!

3) Caso NÃO CONSIGA manter sua comissão de outrora alegando seus serviços diferenciados ( E SÃO MESMO???)…. Você pode até aceitar os 3%, mas você colocará CONDIÇÕES atreladas à performance.

Como é que é ?

– Se o imóvel for vendido pelo preço de mercado, comissão de 3%.

– Se o imóvel for vendido 10% acima do preço de mercado, sua comissão sobe para 4%.

– Se o imóvel for vendido acima dos 10%, sua comissão será de 6%.

Esse é mero exemplo para ilustrar uma tabela escalonada, pois com a liberdade que você tem agora, será possível “precificar” sua intermediação com amplas possibilidades.

Como assim?

Você pode segmentar sua comissão desse jeito:

Imóveis até 150 mil = 6%
Imóveis até 1 milhão = 3%
Imóveis de 5 à 10 milhões = 1%

Também pode precificar com TIPO:

Terrenos = 5%
Casas = 3%
Apartamentos = 4%
Salas comercias = 6%

Quer mais ?

Uma boa segmentação pode ser comissão por nível de DIFICULDADE.

Imagine aquele elefante branco com 10 herdeiros querendo uma fatia? Pois é, imóveis difíceis, comissões maiores.

Se quer ainda mais elementos, aconselho criar um SIMULADOR pessoal ou mesmo criar seu próprio APLICATIVO para calcular a comissão com mais assertividade.

– Mas Fabricio, a vida de corretor não fácil, a tabela que o CADE derrubou nos protegia, vai ficar mais difícil pra nós…

Cara, tem um momento na vida que a gente descobre que a única SAÍDA É PARA DENTRO!

Quer saber mais?

Conheça o melhor treinamento de negociação do BrasilClique aqui

Fabricio Medeiros
#QB #FacaNaCaveira

Deixe seu comentário

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui