Entre na nossa lista de email e receba Notificações exclusivas sobre o mercado imobiliário Toda semana!

Lendo Agora
Brasil é o país que mais cresce em investimento direto em imóvel comercial

Brasil é o país que mais cresce em investimento direto em imóvel comercial

O mercado imobiliário brasileiro tem o que comemorar. O volume de investimento direto em imóveis comerciais foi o que mais cresceu em todo o mundo no segundo trimestre deste ano, frente aos três meses imediatamente anteriores, de acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria Jones Land LaSalle.
No Brasil, o volume de investimentos diretos praticamente triplicou, totalizando o recorde de US$ 1,6 bilhão, sendo que os investidores domésticos foram a esmagadora maioria dos compradores de imóveis comerciais no Brasil, com a BR Properties adquirindo imóveis em São Paulo e no Rio de Janeiro no valor total de quase US$ 400 milhões.
Os investimentos no Brasil respondem por quase 7,5% do total das Américas, que chegou a US$ 21,4 bilhões no segundo trimestre deste ano, após apresentar crescimento de 54% frente ao trimestre anterior e mais que o quádruplo do volume total registrado no segundo trimestre de 2009, quando o mercado estava em seu nível mais baixo.
Os volumes globais de investimento direto em imóveis comerciais foram de US$ 66 bilhões no segundo trimestre deste ano, os quais, embora próximos aos dos três meses imediatamente anteriores, são quase o dobro do que foi apurado um ano atrás.
Perspectivas
Na América Latina, as expectativas de procura por espaços comerciais são extremamente positivas, com a região atrás apenas da Ásia na demanda por estes imóveis. Desta forma, ela é vista como propulsora do crescimento global.
Em São Paulo, no segundo trimestre, a demanda foi por imóveis de alto padrão. Mesmo com a chegada de novas unidades ao mercado, a taxa de vacância de espaços de escritório teve a expressiva queda de 300 pontos-base de abril a junho. No Rio de Janeiro, por sua vez, há falta crônica de unidades de alta qualidade, que faz com que qualquer espaço disponível seja ocupado.
fonte: http://www.correiodoestado.com.br/?conteudo=noticia_detalhe&idNoticia=68201

Nenhum Comentário (0)

Deixe seu Comentário

Seu email não será divulgado.

© 2021 Publicidade Imobiliária. Todos os direitos reservados.