CBIC Apresenta os Números do Mercado Imobiliário em 2020

A CBIC apresentou ontem os números do mercado imobiliário em 2020.

Segundo o CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) as vendas de imóveis vem crescendo em 2020.

No 3º trimestre de 2020 as vendas de imóveis subiram mais de 57% em comparação ao 2º trimestre de 2020. No ano já são 8,4% de aumento nas vendas em 2020.

Os lançamentos imobiliários no 3º trimestre subiram 114% em comparação ao 2º trimestre de 2020.

O mercado continua aquecido devido as condições favoráveis fornecidas pelo mercado.

As vendas continuam crescendo neste ano de 2020, o último trimestre de 2020 promete ser espetacular.

Na região sudeste a venda de imóveis no 3º trimestre subiu 93% em comparação ao 2º trimestre de 2020. Comparado ao 3º trimestre de 2019 o aumento é de 15%.

Isso mostra como o mercado estava com um forte ritmo em 2019, comprovando que a pandemia de COVID19 travou o crescimento do mercado.

O mercado continua se recuperando em 2020, com expectativas muito interessantes para 2021.

Faça aqui o download do PDF da CBIC!

A grande dúvida do mercado é o aumento dos insumos e a dificuldade de entrega dos mesmos, o quanto isso vai impactar no ritmo das obras e nos preços do mercado para 2021?

Só o tempo dirá como será o mercado em 2019, os profissionais do mercado devem se preparar para um 2021 cheio de expectativas.

Os números dos lançamentos imobiliários indicam o ritmo acelerado de lançamentos a partir do 2º trimestre de 2020.

As construtoras e incorporadoras aumentaram o ritmo de lançamentos para aproveitar o mercado aquecido. No 3º trimestre de 2020 houve um aumento de 114% comparado ao 2º trimestre de 2020, comparado ao 3º trimestre de 2019 o número é de negativo de menos 10%.

Leia aqui a matéria da CBIC na íntegra!

A informação mais importante foi que os consumidores continuam com uma alta intenção de compra, e destes 13% já estão procurando imóveis.

Aproveite a oportunidade para adquirir seu imóvel!

Rodolfo Daniels Jr

Consultor Imobiliário e CEO da Pensar Estratégia

Deixe seu comentário