Exclusividade no Mercado Imobiliário: Vantagem ou Desvantagem?

0
2683

Essa é uma das vantagens em deixar seu imóvel para um Corretor de Imóveis credenciado pelo CRECI  captar com  Exclusividade.

Ter um Contrato de Exclusividade, que autorize a venda de determinado imóvel a um único corretor ou imobiliária, reflete diretamente na qualidade da negociação.

Em todo o país, o COFECI* (Conselho Federal de Corretores de Imóveis) assim como o CRECI** (Conselho Regional de Corretores de Imóveis) têm voltado a intensificar a luta pelo contrato de exclusividade.

O que ocorre é que o proprietário, por ansiedade, repassa seu imóvel à venda a diversos Corretores e/ou Imobiliárias achando que, desta forma, terá muito mais chance de vender.

Pensando desta forma, sabe o que pode acontecer?

Um possível comprador em potencial vê o mesmo imóvel anunciado em vários sites por várias imobiliárias e achará que o proprietário está “desesperado” para vender. Com isso, acaba dando uma oferta menor. Ou seja, isso desvaloriza muito o imóvel.

Fui captar um imóvel em Exclusivo e, antes de começar a conversar, o proprietário já disse – em caixa alta- :

“NÃO DOU EXCLUSIVIDADE PARA NINGUÉM!”

Esses, ironicamente, são os melhores….

São proprietários que já estão cansaaados de profissionais que não fazem o prometido, que não dão feedback, que não têm profissionalismo e que tratam o imóvel como “mais um para o seu banco de dados”.

Neste momento, os verdadeiros profissionais de intermediação imobiliária têm maiores vantagens.

Precisamos tratar nossa profissão, Corretor de Imóveis, com mais seriedade e orgulho.

Dedicação, Determinação, Atitude, Criatividade, Poder de Persuasão, Liderança, Responsabilidade, Honestidade, Respeito são algumas das características que TODOS os corretores precisam ter.

O corretor que obtém a Representação de Exclusividade tem maior interesse em investir na divulgação do imóvel. Ele investe:

Tempo – Para ter todos os detalhes e diferenciais possíveis sobre o imóvel.
Análise do ambiente para Home Stage – Ele prepara o imóvel para fazer uma sessão fotográfica com finalidade imobiliária, ou seja, com melhores ângulos; claridade adequada; análise de detalhes que podem tornar o imóvel “Único”!
Criação da Melhor Descrição – com palavras-chave para o leitor “sentir o imóvel”.

Investimento Financeiro em:

Publicação em Portais Imobiliários
Placas
Folder’s
Revistas
Redes Sociais

Enfim, deixar a captação mais perfeita possível desde a captação de todos os documentos fotos até a descrição mais

Não só no site de sua imobiliária ou Jornal, mas também em Revistas, Folders,
Além disso, existe o perigo em entregar as chaves para visitantes. É importante ter o cadastro de quem faz as visitas, principalmente nos grandes centros urbanos. Quando se escolhe várias imobiliárias, fica mais difícil responsabilizar uma delas por algo que eventualmente ocorra. Se o proprietário escolhe apenas uma, ele pode responsabilizá-la por danos. Isso é ainda pior quando o proprietário ainda mora no local, pois não é só o imóvel, mas a sua família que está em risco.

Para o comprador é, também, muito positivo, pois terá a comodidade de saber que o imóvel que vai visitar por uma determinada imobiliária não é o mesmo que já visitou por outra. O que ocorre muito é que as imobiliárias anunciam o mesmo imóvel de forma diferente. Muitas vezes a pessoa se interessa pelo imóvel e quando vai visitá-lo, descobre que já esteve lá com outro corretor.

Para o corretor, captar em exclusivo também é mais seguro, visto que terá garantido seus honorários quando aquele imóvel for negociado. Quando há um imóvel exclusivo, ele trabalha com tanto interesse que acaba vendendo. Todas as partes envolvidas têm grandes vantagens.

Sem a exclusividade, o proprietário oferece seu bem por três ou quatro imobiliárias diferentes. Muitas vezes esse imóvel tem dois ou três interessados. Logicamente, não pode ser vendido a mais de um comprador. Isso cria um imbróglio jurídico* grande.

Outro problema é quando um interessado visita o imóvel por uma imobiliária, mas só decide fazer a compra no futuro, com outra imobiliária. Neste caso o primeiro corretor, que fez o registro do cliente, tem direito à remuneração pela venda. Mas o segundo corretor, que talvez tenha argumentado melhor, também tem direito. Isso cria um impasse. A não ser que um deles decida abrir mão dos honorários, o que é praticamente impossível, pois houve um grande trabalho ali.

Já com relação à visibilidade do imóvel: O corretor pode anunciar o imóvel publicamente com o contrato de exclusividade. Muitas imobiliárias estão interligadas em rede. Assim, o imóvel pode ser divulgado por várias empresas. Porém, só um corretor cuidará da finalização da venda e uma parte deste honorário será deste.

*Imbróglio Jurídico: Sucessão dos acontecimentos que constituem uma ação de maneira confusa; enredo truncado ou confuso.

Por: Rejane Bandeira

Fonte: O Povo Online

Gostou do artigo? Deixe aqui seu comentário!